Vítima de leucemia, morre aos 25 anos o atacante eunapolitano Lukinhas; CBF e FBF emitem nota de falecimento

A Liga de Futebol de Eunápolis lamenta profundamente o falecimento do atacante Lucas Santana Santos, (Lukinhas). Natural de Eunápolis, o jovem atleta foi vitorioso nas categorias de base e na Seleção eunapolitana, onde foi campeão em 2017 da maior competição amadora do país, que é o Intermunicipal. Além de atuar no amador ele também jogou futebol profissional: Serrano de Vitoria da Conquista e Grapiúna de Itabuna.

Federação Bahiana de Futebol lamenta falecimento do atleta Lukinhas

O futebol baiano está de luto pela perda de um dos seus promissores atletas. O jogador Lucas Santana Santos faleceu nesta segunda-feira (30), vítima de uma Leucemia.

Lukinhas, como era conhecido, tinha 25 anos. Atacante, atuou pelas Ligas de Eunápolis, Porto Seguro e Cachoeira. Por Eunápolis, foi campeão do Intermunicipal em 2017.

Como profissional, defendeu as cores do Serrano e do Grapiúna, seu último clube. Ele disputou a Série B do Baianão 2021 pelo time de Itabuna.

Consternada com o falecimento do Sr. Lucas Santana Santos, atleta com passagens pelas Ligas de Eunápolis, Porto Seguro e Cachoeira, além dos clubes Serrano e Grapiúna, a Diretoria desta entidade se solidariza neste momento de dor e tristeza com seus familiares e amigos.

Em virtude deste sentimento, o Presidente da FBF determina que nos jogos válidos pelo Campeonato Baiano Sub-20 e Baianão Feminino, a serem realizados nesta semana, na Bahia, seja obedecido um minuto de silêncio em “Homenagem Póstuma”.

Nossos sinceros sentimentos, aos familiares e amigos.

Por fim, enviamos os nossos votos de apreço e elevado respeito.

Cordialmente,

Ricardo Nonato Macedo de Lima

Presidente

Em nota, CBF lamenta morte de Lukinhas: “futebol amador da Bahia ficou mais pobre”

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou agora há pouco para a nossa redação, no fim da manhã desta segunda-feira, uma nota oficial na qual lamenta a morte do jovem atleta eunapolitano, campeão do Intermunicipal 2017, Lucas Santana Santos (Lukinhas), que veio a óbito nesta segunda em Salvador.

Através da nota, a entidade que comanda o futebol nacional classificou que o fim da vida de Lukinhas, deixou o “futebol amador e profissional da Bahia mais pobre”.

Além de prestar condolências à família de Lukinhas, a CBF traçou uma pequena biografia do jogador, que foi considerado pela FBF, uma nova relação no futebol baiano.

“Tive o privilégio de ver o Lukinhas, jogar. Uma das grandes promessas do futebol amador baiano. Jogava um futebol de elegância e técnica, tinha talento de sobra. O futebol amador”, disse Ednaldo Rodrigues, presidente da Confederação Brasileira de Futebol.

Fonte: ASCOM FBF, CBF e Site Eunoesporte.com

Comentários