Vídeo: Jogador teixeirense relata ameaça de morte na Indonésia e pede ajuda a governo brasileiro

Ex-jogador de Grêmio, Internacional e Fluminense, o atacante teixeirense Alex Gonçalves, de 31 anos, que atualmente defende o Persita Tangerang, vive um momento desesperador no outro lado do mundo.

Após ter o passaporte retido, o jogador está preso na Indonésia. Através das redes sociais, Alex explicou o caso e solicitou ajuda.

“A situação é que meu visto de trabalho foi vencido e meu clube atual não consegue fazer um novo visto. Meu ex-clube, onde joguei em 2020, não quer tirar o meu nome do sistema da imigração. Não querem tirar o nome pois reportei o clube à FIFA, eles me deram salário ano passado, eu ganhei a causa. Por isso eles estão fazendo isso de má fé”, disse o jogador, que se diz desesperado.

Sem passaporte, o jogador foi denunciado à polícia e terá que resolver o caso sem saber falar o idioma local.

Alex, em sua súplica, chegou a pedir ajuda ao governo brasileiro e à CBF, afirmando que está sendo ameaçado de morte.

Por iG Esporte