Tudo certo entre os clubes, retorno do Campeonato Baiano só depende do Governador

O Campeonato Baiano está paralisado desde o dia 17 de março e segue assim pelo menos até o dia 6 de julho, data de validade do decreto governamental que proíbe a realização de jogos de futebol no Estado. Contudo, fontes, ligadas a três clubes, confirmaram ao Resenha na Rede que o Baiano deve retornar entre os dias 11 e 15 de julho.

Segundo um interlocutor do interior do Estado, que prefere manter anonimato, todos os clubes já foram comunicados sobre o retorno de forma não oficial. O anuncio será feito pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) após o dia 6 de julho, data limite do atual decreto. Somente um novo decreto do Governador Rui Costa poderá determinar que o Campeonato não retorne nesse período, garantiu.

Exigências mínimas

Todas as equipes devem seguir os protocolos realizados por Bahia, Vitória e Bahia de Feira, desinfectando as dependências dos Centro de Treinamento e realizando testes de Covid-19 nos atletas, funcionários e comissões técnicas. Dos demais sete clubes do campeonato, o Jacuipense é o mais próximo do retorno e aguarda concretizar uma parceria com um laboratório para realizar os testes.

As direções de Juazeirense, Vitória da Conquista e Doce Mel, já se posicionaram de forma contrária ao retorno do futebol baiano. Já a equipe do Atlético de Alagoinhas anunciou acerto com novos jogadores para disputa do Campeonato Baiano e Série D. Na última colocação, a direção do Jacobina ainda não se manifestou.

Por Redação Resenha na Rede com a colaboração de Osvaldo Barreto

Comentários