‘Triste e até ofendido’: por que Willian decidiu trocar o Chelsea pelo Arsenal

Na negociação mais impressionante do começo da atual janela de transferências, Willian trocou o Chelsea pelo arquirrival Arsenal porque está “triste e até ofendido” com a diretoria dos Blues. Foi o que apurou a ESPN.

Willian comemora após marcar para o Chelsea sobre o Liverpool. Foto: Getty Images

O jogador de 31 anos assinou por três anos com os Gunners após um impasse tenso. O meia queria assinar pelo mesmo período com a equipe de Stamford Bridge, mas sentiu que faltou empenho dos dirigentes após sete anos de casamento.

Ofereceram para ele um contrato de dois anos na condição “pegar ou largar” antes pandemia do novo coronavírus chegar e impactar o mundo do futebol. Depois disso não houve novas negociações significativas entre as partes.

O técnico Frank Lampard também estava interessado em manter no Chelsea um jogador que é essencial para o sucesso do clube desde 2013. Willian responde por 63 gols e 62 assistências em 339 jogos nesses sete anos.

Foram dois títulos da Premier League, uma Liga Europa (em cima do rival Arsenal), uma Copa da Inglaterra e uma Copa da Liga Inglesa. Uma trajetória muito vitoriosa numa das melhores fases do clube.

No entanto, o estafe de Willian sentiu que estava claro que o Chelsea realmente não queria que ele ficasse, então o jogador não teve outra opção a não ser procurar um lugar para continuar a carreira.

Sua prioridade era permanecer em Londres, pois sua família é feliz e se estabeleceu lá. O Arsenal não apenas atendeu às suas exigências, mas ofereceu a ele a possibilidade de se reunir com seu amigo David Luiz e continuar jogando partidas internacionais, depois que os Gunners bateram o Chelsea na final da Copa da Inglaterra garantindo vaga na Liga Europa.

Por ESPN.com.br

Comentários