Tradicionais no estado, Galícia, Flu de Feira e Catuense celebram aniversário

Além do Bahia (confira aqui), outros três clubes tradicionais no estado fazem aniversário neste sábado (1º). Catuense, Fluminense de Feira e Galícia celebram, junto com a virada do ano, a data em que foram fundados.

O mais antigo dos três é o Galícia, fundado em 1933 por imigrantes espanhóis provenientes da região de mesmo nome. O clube fica localizado em Salvador, e conquistou seu primeiro título baiano em 1937. Depois, fez história ao levar o tricampeonato consecutivo, entre 1941 e 1943.

Fotos: Divulgação

O Granadeiro ainda foi campeão em 1968, totalizando seis títulos estaduais. Atualmente, o clube não mantém atividades profissionais. A última vez que disputou uma competição foi em 2019 – a Série B do Baianão.

O Fluminense é outro que tem uma história de títulos no estado. Foi o primeiro time do interior a levantar a taça de campeão baiano, em 1963, e repetiu o feito em 1969. O Touro do Sertão ainda faturou a Taça Estado, em 1998 e 2009, e o Nordestinho (torneio entre clubes baianos e sergipanos) em 2006.

Após uma temporada ruim em 2021, o Flu caiu para a Segunda Divisão do Campeonato Baiano, que deve disputar em 2022.

A Catuense, por sua vez, tem um histórico de formar jogadores importantes. Bobô, Vandick, Naldinho, Zanata e Luiz Henrique são apenas alguns exemplos. O clube foi fundado em 1974,  por empresários de uma empresa de transportes rodoviários, em Catu.

A equipe foi vice-campeã do Baianão em quatro oportunidades: 1983, 1986, 1987 e 2003. De títulos, a Catuca levou a Taça do Estado da Bahia, em 2001, a Taça Cidade de Salvador, em 1987, e dois Campeonatos do Interior, em 1981 e em 2004. Além disso, chegou a disputar a Série A do Brasilerão, em 1984, sendo eliminada na primeira fase.

Por Nuno Krause