STJD nega pedido do Sport de impugnação do jogo contra Juazeirense pela Copa do Brasil

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) indeferiu o pedido do Sport de anulação da partida contra a Juazeirense, pela primeira fase da Copa do Brasil. A decisão foi divulgada na manhã desta terça-feira (16). O presidente Otávio Noronha justificou com o fato da equipe pernambucana ter se recusado a retornar ao campo para jogar os minutos finais restantes do acréscimo da arbitragem. Com isso, a vitória do Cancão de Fogo sobre o Leão por 3 a 2 foi mantida.

Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

“É que malgrado haja notícia do acontecimento de diversos fatos deletérios e repugnantes havidos na partida, e que serão, com toda a certeza, objeto de criteriosa apuração por esta Corte Desportiva, a Equipe do Clube Impugnante (Sport), de forma alguma poderia ter agido no exercício arbitrário de suas próprias razões, recusando-se peremptoriamente a atender a decisão e a determinação do árbitro de retorno ao campo para o reinício da partida”, afirmou. “Assim, é que ao contrário do que narra o Impugnante em sua Petição, a partida não foi encerrada por falta de condições de jogo, mas pela recusa de sua Equipe de retornar à partida, em franca desobediência à autoridade do árbitro”, completou.

O duelo entre Juazeirense e Sport aconteceu na última quarta (10), no Estádio Adauto Moraes, e ficou marcado por polêmicas. Os pernambucanos reclamam que após o terceiro gol do time baiano, o sistema de irrigação do gramado foi acionado, os gandulas sumiram para repor as bolas fora, e a ambulância entrou em campo para atender um jogador do Cancão de Fogo que acabou desmaiando. Porém, nos acréscimos da arbitragem ocorreram dois apagões causando interrupções na partida, o primeiro aos 50 minutos e o segundo no minuto seguinte ao reinício. Depois de muitas discussões, o árbitro Ramon Abatti Abel decidiu dar sequência ao duelo para completar o tempo restante. O time do Cancão de Fogo voltou para o gramado, porém os visitantes se recusaram e o juiz decidiu encerrar o jogo.

Com a decisão do STDJ, a Juazeirense mantém sua classificação à segunda fase. Seu próximo adversário sairá do confronto entre Castanhal-PA e Volta Redonda, que se enfrentam nesta quarta (17), às 15h30, no Modelão.

Por Ulisses Gama/Leandro Aragão

Comentários