Seleção de Itamaraju está pronta para sua estreia na Copa do Descobrimento

Itamaraju – Após realizar coletivo na sexta-feira, 02/03, a seleção está pronta para o desafio deste domingo, as 15 horas no Estádio Municipal Cesar Borges em Alcobaça, oportunidade em que vai encarar o selecionado local pela Copa do Descobrimento.

Itamaraju participa pela primeira vez do certame com sua seleção, haja vista que em 2016, o Município foi representado pelo Vitoria, equipe comandada pelo Oriza.

Embora muitos não acreditam, particularmente deposito muita confiança na moçada prata da casa, principalmente depois de acompanhamos alguns trabalhos realizados até aqui. O que observamos é que apesar das adversidades os atletas estão bastante motivados, o que para início é muito bom.

Ainda pouco, mais precisamente por volta das 17 horas, o técnico Jhon Suque, comandou um coletivo, quando num primeiro momento ele trabalhou com o campo reduzido e posteriormente utilizou-se de toda dimensão do gramado.

Constatamos durante os trabalhos ora iniciados certa dificuldade para se formar o ataque, uma vez que o atacante Thiagão tem problema físico (coxa) e o Gel… este que foi dos últimos a se apresentar chegou queixando-se de um pequeno problema. Disse que tal problema começaria a ser tratado a base de gelo no interior (casa das familiares) e ao retornar continuaria o tratamento em Itamaraju.  Conversa um tanto quanto estranha. Deixar a cidade onde há mais recursos para tratar no interior (nada contra), sinceramente não dá para engolir não.

Sem a presença do Gel e do Thiagão que é dúvida, restam os garotos Viny e Guilherme (atacantes). Quanto ao Viny tenho observado muito empenho de sua parte, coisa que não podemos falar o assunto é o Guilherme, talvez mais devido ao seu trabalho que segundo fui informado é um tanto quanto puxado.

Além dos meninos, as opções seriam, o Fael que é meia e tem jogado mais próximo do Thiagão ou ainda o Tripa que treinou no segundo período do coletivo no time de cima.

Dito popular, quem não tem cachorro caça com gato, quem não tem nenhum dos dois que trate de entrar no mato.

Tal carência acende a sinal de alerta. Pode estar pintando em breve um atacante para reforçar o setor. Entretanto, enquanto este não chega, volto a frisar, abre-se espaços para os meninos Viny e Guilherme, respectivamente.

Quanto ao time, quando falamos por setores observo que o meio-campo  é o único sem problema algum, apesar de não ter um grande articulador.

No gol (goleiros), o Welton é de confiança e o Rogério vive seu melhor momento, a oportunidade veio na hora certo para ele.

Zaga, muito boa. É para escolher sem pensar muito, Jocélio e Guilherme, Jocélio e Alex Porto ou ainda Guilherme Alex Porto.

Sabemos que o miolo de zaga faz parte da defesa, sem problemas conforme disse acima, no entanto quando se inclui os alas (laterais) na mesma, percebo que há problemas principalmente pelo setor esquerdo. Evidente, na minha humilde visão. De repente para a comissão técnica está tudo sobre controle. E tomara que esteja, essa é a nossa torcida.

O time do coletivo desta tarde formou com: Welton; Bruno (Lucas), Jocélio, Guilherme e Aleff (Thiaguinho); Serrote, Vitamina (Diego Oropa), Breno e Fael; Viny e Thiagão (Tripa). No coletivo de quarta-feira, o Celo treinou entre os titulares. Ao meu ver, se estiver escrito, será o ala pela esquerda. Reiteramos que os atletas os quais se encontram entre parêntese são os substitutos.

Segundo informações Itamaraju jogará dois domingos consecutivos fora de casa. Se assim for, deverá atuar no Barbozão somente no dia 18 de março.

Por Antônio Reis Viana/Blog Os Feras da Bola

Comentários