São Paulo registra B.O. após homens encapuzados jogarem bomba no CT de Cotia

O São Paulo registrou um boletim de ocorrência na Polícia Militar de Cotia denunciando um ato de vandalismo causado no Centro de Treinamento da base em Cotia. De acordo com o site “GE”, no último domingo (2), homens encapuzados jogaram uma bomba no hotel.

“Houve um incidente na manhã de ontem no CFA e o clube registrou Boletim de Ocorrência no Comando da PM de Cotia, não tendo havido na ocasião nenhum contato com os atletas”, diz o comunicado oficial do clube paulista.

Ainda segundo o “GE”, cerca de 15 pessoas chegaram no local em uma van escolar e estouraram rojões em frente ao CT. Um deles foi apontado na direção do hotel onde os jogadores ficam hospedados e quebrou vidros. Uma pedra também foi arremessada destruindo o vidro de um carro. Ninguém ficou ferido. E também nenhum dos vândalos foi identificado, já que as câmeras da portaria não estavam funcionando e com isso, a ação não foi gravada.

O elenco principal do São Paulo está concentrado no CT de Cotia desde a última sexta (31) se preparando para a estreia no Brasileirão no próximo domingo (9), às 16h, no Serrinha, em Goiânia, diante do Goiás.

Depois da eliminação para o Mirassol no Campeonato Paulista, na última quarta (29), houveram dois episódios de protestos de torcedores do São Paulo. O primeiro aconteceu logo após o jogo com um pequeno grupo indo na porta do Morumbi. O segundo foi no CT da Barra Funda durante a madrugada de quinta (30). Um vídeo circulou nas redes sociais, no qual um torcedor são-paulino relata que tiros foram disparados por seguranças do clube contra grupo que fazia um ato no local por causa da derrota.

Apesar da pressão ter aumentado com a eliminação nas quartas de final do Paulistão, o técnico Fernando Diniz foi mantido no comando do time. O departamento de futebol do clube considera que o treinador faz um bom trabalho.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários