Salário de Messi no Barça é mais que o dobro de Neymar, no PSG, e Ronaldo, na Juventus

O contrato de Messi com o Barcelona foi divulgado em detalhes pelo jornal espanhol El Mundo. De acordo com o veículo, o contrato do argentino, assinado em 2017 e com finalização no meio deste ano, soma uma média de meio bilhão de euros. O montante é mais que o dobro dos atuais contratos de Neymar e Cristiano Ronaldo. 

Foto: Divulgação/FC Barcelona

O El Mundo estampou em sua capa que o vínculo de quatro anos de Messi no clube catalao é de € 555.273.619, entre valores fixos e variáveis. Na atual cotação, o jogador tem um contrato que soma o equivalente a R$ 3,6 bilhões. O acordo foi assinado quando Josep Maria Bartomeu ainda era presidente do Barcelona. Ele renunciou à função em outubro do ano passado. 

Entre pagamentos brutos, o craque argentino pode ganhar até € 138 milhões anuais, cerca de R$ 914 milhões. Em valores líquidos, o salário de doze meses de Messi tem uma média de € 74,9 milhões, o que seriam R$ 496 milhões. 

O contrato do atleta, seis vezes melhor do mundo, é mais que o dobro do que Neymar ganha jogando atualmente pelo Paris Saint Germain, cerca de € 36 milhões anuais, e Ronaldo recebe jogando na Juventus, aproximadamente € 30 milhões por ano. Vale destacar que tanto o brasileiro, quanto o português são os dois jogadores com os melhores salários do futebol na França e na Itália, respectivamente. 

O jornal espanhol ainda publicou que mais de um terço do pagamento acordado no contrato do ídolo argentino foi apenas por ele ter aceitado renovar seu contrato com o Barcelona. O jogador já veste a camisa da equipe desde 2000, quando chegou ao clube ainda nas categorias de base.

Até agora, Messi já recebeu 92% do montante e ainda possui seis meses no clube até o fim do acordo. Valores referentes ao repasse que o Barcelona transferiu para o jogador em caso de títulos e ganhos em campo não foram divulgados pelo jornal. 

Atualmente, o Barça vive uma crise financeira e uma dívida de cerca de € 1 bilhão. Segundo o El Mundo, o contrato exorbitante de Messi é um dos motivos para os problemas financeiros do clube.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários