Robert iguala marca de Caroço como maiores artilheiros do Atlético de Alagoinhas

O centroavante Robert marcou um gol em cobrança de pênalti no empate do Atlético de Alagoinhas com o Brasiliense em 1 a 1, na tarde deste domingo (4), na Boca do Jacaré, pela quarta rodada da Série D. Em sua sétima passagem pelo clube, ele chegou ao 59° e igualou a marca de Caroço, que jogou entre as décadas de 60 e 70, como os maiores artilheiros da história do Carcará.

Foto: Divulgação / Atlético de Alagoinhas

“Fico muito feliz em ter feito mais um gol na competição e poder ajudar o Atlético de Alagoinhas a sair com esse empate e também poder estar fazendo história no clube. É uma conquista individual, a cada jogo fico muito ansioso para tentar passar essa marca do grande artilheiro que foi Caroço. Nesse jogo tive a oportunidade de igualar a marca de Caroço com 59 gols pelo Atlético de Alagoinhas, sendo um dos maiores artilheiros do clube. Espero poder deixar uma marca maior nessa artilharia a cada jogo”, comemorou em entrevista ao Bahia Notícias.

No próximo sábado (10), às 20h30, o Atlético de Alagoinhas volta ao gramado para receber a visita do conterrâneo Bahia de Feira, pela quinta rodada. Será a primeira chance de Robert para se tornar o maior artilheiro isolado da história do clube e o local não poderia ser melhor, no Carneirão, casa do Carcará. E o centroavante já pensou inclusive em como vai comemorar caso balance as redes.

“Seria muito bom que esse gol de número 60 fosse jogando em Alagoinhas no sábado. Sempre comemorei dando cambalhotas, mas dessa vez espero poder fazer esse gol no sábado e comemorar no bandeirão que os torcedores da torcida Jovem Coral fizeram me homenageando como um dos maiores artilheiros do clube”, contou.

Robert já marcou dois gols nesta Série D. O Atlético de Alagoinhas ocupa a terceira colocação do Grupo A6 com sete pontos. O Bahia de Feira aparece logo atrás, em quarto, com a mesma pontuação.

Por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Comentários