Restrições de viagem na primeira Data Fifa do ano afetam mais seleções de fora da Europa

A primeira Data Fifa de 2021 começa nesta semana, com jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, partidas de outras competições continentais e amistosos. Compromissos importantes serão disputados com clubes se recusando a liberar seus jogadores “internacionais”, em meio às constantes mudanças de restrição de viagem por causa da pandemia do coronavírus.

Sorteio da Uefa para as eliminatórias europeias da Copa do Mundo de 2022 — Foto: Getty Images

A versão mais recente da “lista vermelha” do Reino Unido tem essencialmente países da América Latina e da África, além de alguns da Ásia. Portugal foi retirado do conjunto na última sexta-feira, o que desbloqueou nove convocados de clubes da Premier League.

Liga que mais cedeu jogadores para a última Copa do Mundo, com mais de 100 nomes, a Premier League teve nas últimas semanas o posicionamento dos principais técnicos contra a liberação de atletas. O motivo é a quarentena de 10 dias a qual eles podem ser submetidos. Nomes de peso como Pep Guardiola e Jürgen Klopp protestaram.

A novidade do fim de semana também ajudou atletas de outros países que defendem clubes da Bundesliga e vão disputar jogos pelas eliminatórias europeias na Inglaterra e na Escócia. Exemplos: o centroavante Robert Lewandowski, da Polônia, e o zagueiro David Alaba, da Áustria, ambos do Bayern de Munique.

Não à toa Conmebol e a Fifa decidiram no início de março suspender os jogos das eliminatórias previstos para esta Data Fifa. As entidades perceberam que os clubes europeus não iam liberar os talentos sul-americanos. Ainda não foi definido quando a competição será retomada.

A atual Data Fifa também terá o início do respectivo torneio das Américas do Norte, Central e Caribe. Por outro lado, somente três partidas entre seleções da Ásia estão previstas — as restantes ocorrerão entre o fim de maio e meados de junho, em sedes centralizadas. Ainda não há confirmação para o começo da segunda fase das eliminatórias na África para a Copa, e nem para a abertura na Oceania.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários