Presidente do Portela, Gerson projeta disputa pelo acesso: ‘Ano ímpar para gente’

O início do Campeonato Baiano da série B foi adiado por mais uma semana, mas o Teixeira de Freitas continua se preparando para brigar pelo acesso a elite do futebol baiano. Em entrevista ao Bahia Notícias, o presidente do clube, Gerson Portela, comentou sobre a preparação do time. “É um ano ímpar para gente. Precisamos fazer um time competitivo para pelo menos chegar à reta final, brigando pelo acesso. O trabalho está sendo bem feito. O professor Duzinho está trabalhando há quase 15 dias. Estamos carentes de algumas peças. Creio eu que faremos um time em igualdade dos demais para brigar pra subir”, disse.

Quanto à carência por peças, Portela explicou que está esperando o término do Baianão da série A, para poder contratar alguns jogadores. “Temos uma equipe formada, mas estamos esperando a definição do Campeonato Baiano pra gente definir algumas posições que nós estamos precisando. Queremos trazer de cinco a oito jogadores da primeira divisão. Só estamos esperando definir”, explicou.

O presidente ainda lamentou que a equipe da base ficou de fora do Baiano. “Nosso trabalho é voltado para base, fiquei chateado pelo júnior que ficou fora. Vamos tentar para o semestre que vem colocar o Sub-18 e o Sub-16. Esse ano a gente vem com o feminino no Baianão. O trabalho começou e vamos ver o que vai dá esse ano. Vamos tentar mais uma vez fazer um time para brigar pra subir”, projetou.

Após o adiamento, o Baianão da série B está previsto para começar no próximo sábado (10). O Teixeira de Freitas estreia no domingo (11) em casa contra o Conquista, às 15h, no Estádio Antônio Rodrigues Santana, em Teixeira de Freitas.

Por Gabriel Rios/Bahia Notícias

Comentários