Portela sofre goleada em sua última partida pela Copa São Paulo de Futebol Júnior ; veja os gols

A participação inédita do futebol de Teixeira de Freitas na Copa São Paulo de Juniores foi sofrível, mas no ponto de vista de estreia foi positiva, se avaliarmos a falta de planejamento na preparação para a disputa do evento, exatamente por carência de recursos, não se pode fazer planejamento e definir planilha de trabalho sem dinheiro, e assim foi o Portela na preparação para a essa importante competição.

A equipe comandada por Gerson Portela seu presidente, não teve uma preparação antecipada com o técnico que comandou a equipe nos três jogos da Copinha, João Carlos só assumiu o comando do time no dia anterior a viagem, tudo isso por carência de recursos financeiros, e isso não é normal em se tratando de futebol de alto rendimento, e isso é vergonhoso para os governantes da cidade das dimensões de Teixeira de Freitas, que nada fez para amenizar as dificuldades do Clube que a representou condignamente.

O técnico João Carlos não teve tempo praticamente nem mesmo de posicionar o seu time em campo de forma adequada, e perdeu as três partidas que disputou, na estreia para o time da Portuguesa por 01 X 00, no segundo jogo quando se esperava uma reação voltou a perder para o time mineiro do América pelo mesmo placar, e já cumprindo tabela, nesta segunda feira (08/01) quando se aguardava uma reabilitação contra o Remo do Pará, tomou uma goleada pelo placar de 04 X 01.

Apesar dos resultados negativos a diretoria do Clube Portela está de parabéns, pela coragem de galgar mais esse degrau na sua história, colocando o nome do município de Teixeira de Freitas no cenário esportivo nacional, graças à audácia de Gerson Dantas (Portela), e essa imagem positiva mesmo com as derrotas, ficaram gravadas na história da competição que este ano disputa a sua 49ª edição, e isso é muita coisa.

Os desportistas de Teixeira continuam esperando que um dia o futebol do município possa se destacar no cenário esportivo nacional não apenas participando, mas conquistando resultados, Porém uma coisa é certa, vitórias e resultados positivos só vem com uma união de forças, recursos e planejamento, mas da forma que está atualmente o futebol de Teixeira de Freitas, fica difícil acreditar, ainda mais agora que o gestor municipal resolveu de uma vez por todas sepultar as esperanças do povo, desativando a secretaria de esportes do municipio criada há 12 anos.

Se o Clube pretende disputar a competição em 2019, tem que começar a se preparar já, mais como se preparar se não dispõe de recursos, parcerias e apoio, a boa vontade e a ousadia de Gerson e sua equipe não é suficiente, mas a confiança dele continua, aos torcedores só resta esperar que a sorte possa mudar um dia.

Da Redação da Rádio Web Regional/Amadeu Ferreira

Comentários