Por imbróglio financeiro, nome de Carvalhal perde força e Atlético foca em ex-auxiliar de Bielsa; negociações avançam

Até agora, o mercado do Atlético para 2022 se resume ao pedido de saída do técnico Cuca, que não segue no Galo para a próxima temporada. Após os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, a diretoria vai começando a monitorar o mercado de transferências, mas a fotografia do elenco não deve se alterar de forma drástica.

A procura por um novo treinador segue antes que comecem as competições deste ano. O primeiro alvo (e preferido) do clube foi o português Jorge Jesus, que deixou o Benfica há alguns dias. Mas as partes não chegaram em um acordo, o que fez com que o Galo abrisse a negociação com Carlos Carvalhal, do Braga. Um entrave financeiro, no entanto, impediu que as conversas avançassem.

Agora, a informação do jornalista Paulo Vinicius Coelho, o PVC, quem também está negociando com o clube é o argentino Eduardo Berizzo. Com passagens por clubes como Sevilla e Celta de Vigo, do futebol espanhol, o comandante de 52 anos de idade estava comandando a seleção do Paraguai. Atualmente, encontra-se sem clube.

Berizzo: Na mira do Galo (Foto: Pedro Vilela/Getty Images)

Ainda segundo PVC em seu blog no site Globoesporte.com, o Atlético não tem negociações com apenas um treinador, mas que Berizzo parece ter ganhado espaço na disputa. O treinador também foi auxiliar de Marcelo Bielsa na seleção chilena quando a equipe disputou a Copa do Mundo em 2010, na África do Sul.

Por Lurian Schultz/Bola Vip