Pênaltis fazem com que árbitros russos passem por detector de mentiras

A Federação Russa de Futebol está prestes a submeter os árbitros Vasily Kazartsev e Alexey Eskov a um detector de mentiras. Isso porque ambos são suspeitos de manipular o resultado da partida entre Spartak Moscou e Sochi, disputada no dia 9 de agosto, na primeira rodada do Campeonato Russo.

Essa é a informação que circula na imprensa local. Na ocasião, o Spartak vencia o duelo com uma vantagem de dois gols. Contudo, Kazartsev marcou dois pênaltis para o Sochi, um deles com a ajuda de Eskov, que estava no comando do VAR, e o placar foi igualado.

A situação irritou Leonid Fedun, dono de uma das maiores empresas de energia do país, amigo íntimo de Vladmir Putin, presidente da Rússia, e dono do Spartak Moscou. O empresário ameaçou retirar sua equipe do torneio e faz pressão para que a Federação Russa de Futebol realize o teste do polígrafo nos juízes da partida.

Fonte: MSN

Comentários