Pandemia afeta 16 campeonatos estaduais no País e muda calendário dos clubes

A pandemia do novo coronavírus já afeta mais da metade dos campeonatos estaduais e, consequentemente, a agenda dos clubes brasileiros. Enquanto o País se aproxima da triste marca de 300 mil mortes causadas pela doença, os torneios regionais não têm conseguido ficar imunes à devastação causada pela covid-19. Levantamento feito pelo Estadão mostra que, dos 27 torneios regionais deste início de temporada, pelo menos 16 enfrentam algum tipo de restrição.

Imagem: Fernando Moreno/AGIF

O mais novo Estadual a entrar nessa lista é o do Rio de Janeiro. Embora a realização do Campeonato Carioca esteja mantida neste momento, a partir de sexta-feira o torneio não terá partidas na capital por causa da pandemia. O prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), disse que de 26 de março até 4 de abril, a cidade não poderá receber jogos. “No Rio não pode e no Caio Martins (em Niterói) também não”, disse.

Paralisados

Ceará: O estadual atendeu ao pedido do governo e paralisou suas atividades após a realização de apenas uma rodada. O decreto vai, no mínimo, até o dia 28 de março. As partidas de outras competições, como a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil, podem ser disputadas normalmente no estado.

Distrito Federal: O Campeonato Brasiliense está suspenso desde o dia 17 de março. O estadual tem o retorno previsto para o dia 30 de março, quando as equipes disputarão a terceira rodada da competição.

Espírito Santo: O campeonato foi paralisado entre os dias 18 e 31 de março. Durante este período, estão liberados os treinos das equipes. Foram disputadas três rodadas da competição.

Goiás: O torneio foi paralisado no dia 17 de março, após quatro rodadas disputadas. A data de retorno está prevista para o dia 31. Os clubes foram unânimes e concordaram com a paralisação do Estadual.

Minas Gerais: Após todos as cidades do estado serem colocadas na onda roxa pelo governo, com medidas mais restritivas de circulação, o futebol também foi paralisado no estado até 31 de março.

Pará: A competição foi suspensa a partir desta segunda-feira. Não há uma previsão de retorno.

Rio Grande do Norte: O campeonato foi paralisado a partir deste sábado até o dia 2 de abril.

Tocantins: As partidas estão suspensas desde o dia 17 de março, atendendo a recomendação do governo estadual. O torneio deve ser retomado no dia 1º de abril.

Com restrições

Paraná: O estadual foi paralisado no dia 1º de março. Em Curitiba, Maringá, Paranaguá e Ponta Grossa não podem ser disputados jogos e nem serem realizados treinamentos. As outras cidades estão liberadas para receber as partidas pendentes, para que não fiquem muitos jogos atrasados. Não há previsão para que o campeonato seja totalmente retomado.

Rio Grande do Sul: As partidas seguem acontecendo, porém em horários limitados. O jogos só podem ocorrer após às 20h, para que não haja aglomeração de torcedores.

Fonte: Portal Terra

Comentários