Marcelo Nicácio deixa Atlético de Alagoinhas, depois de desentendimento com diretor de futebol

O atacante Marcelo Nicácio, contratado pelo Atlético de Alagoinhas para defender o clube na disputa da Série D do Brasileirão, não é mais jogador da equipe. Nesta quarta-feira (26), por meio do Instagram, o jogador anunciou a própria saída do time. O futebolista disse que teve um desentendimento com o diretor de futebol Luiz Matos Júnior.

“Venho nessa manha dar uma notícia meio triste e desagradável. Venho aqui afirmar que não faço mais parte do elenco do Atlético de Alagoinhas para o campeonato da Série D. Quero agradecer muito a torcida, a Jovem Coral (organizada), me deram muito apoio e mandaram mensagens positivas. Infelizmente não permaneço mais no clube, tive um desentendimento com um diretor de futebol chamado Matos. Ele falou que estava pensando se iria me contratar, que eu era um jogador problemático e eu venho aqui nas redes sociais me defender. Todos vocês me conhecem, são mais de 20 clubes na minha carreira e nunca tive problema nenhum com nenhum dirigente, mas infelizmente aconteceu esse fato. Por conta disso, estou me desligando do Atlético de Alagoinhas”, declarou.

Em nota publicada pelo Carcará, o presidente do clube, Albino Leite, disse que Marcelo Nicácio deixou a equipe por motivos pessoais. Além do atacante, o volante Makelele também não faz mais parte do time, ele saiu por decisão do presidente.

Veja a nota divulgada pelo Atlético de Alagoinhas:

Nós do Alagoinhas Atlético Clube gostaríamos de informar que os atletas Leandro dos Santos de Jesus (Makelele) e Marcelo da Paixão Ramos Nicácio (Marcelo Nicacio), não fazem mais parte do nosso elenco profissional.

Com relação a Makelele “o atleta rescindiu contrato por decisão diretiva”, afirmou o presidente Albino Leite.

Já Marcelo Nicácio “não irá permanecer devido a motivos pessoais. O atleta entrou em contato comigo através de um aplicativo de mensagens informando que não permanecerá”, completou o presidente.

Por Marcos Paulo Ramos

Comentários