‘Libertadores acaba em 21/11, nos oito cenários que temos hoje’, diz diretor da Conmebol

Apesar dos cerca de 40 dias sem bater ponto na sede da Conmebol por causa do isolamento social, o diretor de competições de clubes da entidade, Fred Nantes, viu a demanda aumentar por alguma informação sobre os torneios que organiza.

— Todo mundo acha que é a Mãe Dináh neste momento — diz ele, em entrevista ao GLOBO, detectando ansiedade crescente desde a paralisação pelo coronavírus.

Mesmo sem previsões concretas, o dirigente desenha cenários. Em todos os oito formatados até agora, a Libertadores termina em 21 de novembro, no Maracanã, como planejado anteriormente. A Conmebol se vê com tempo suficiente para não desistir de suas competições, mas reconhece que a pandemia traz, ainda em abril, muitas dúvidas.

Queremos dar tranquilidade aos clubes de que vamos continuar a Libertadores e vamos terminá-la. Temos tempo para isso. Só não vamos dar prazo agora porque o tema é complexo. Temos que esperar dez países funcionarem. Avaliamos diariamente a situação. Quando acabarem as restrições, no dia seguinte vamos recomeçar. Sobre as Eliminatórias, não tem nada de dois grupos de cinco seleções. Hoje, está previsto jogar em setembro, é o que a Fifa determinou neste momento.

Claro. Precisamos de 10 datas para terminar a Libertadores. Dizer que não vai ocorrer é precipitado. Vale para a Sul-Americana, que precisa de oito datas. Mais simples ainda.

Fonte: O Globo

Comentários