Juiz nega análise de liminar para impedir eleição na FBF durante plantão judiciário

O juiz plantonista Gustavo Miranda Araújo decidiu não analisar o pedido de liminar impetrado pelo pré-candidato a presidência da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ademir Ismerim, para suspender o pleito. A eleição para o comando da FBF está marcada para esta terça-feira (3), às 14h, no Wish Hotel da Bahia, em Salvador. Ismerim acusa o atual presidente do órgão, Ednaldo Rodrigues, de tentar “inviabilizar a disputa”. Ednaldo está na presidência da FBF desde 2001 e nunca teve que enfrentar um opositor na eleição. Na ação que pedia a análise de urgência do caso, Ismerim alega que não houve tempo hábil para registrar a candidatura, já que a convocação se deu no dia 28 de março, véspera do feriado da Semana Santa. Assim, houve apenas um dia útil entre a publicação do edital e o dia da eleição – esta segunda-feira (2) –, quando já findou o prazo para o registro, que deve se dar até cinco dias antes do pleito. Outro argumento apresentado foi a de que a Liga Desportiva de Quixabeira constava como apta para votar na lista divulgada pela FBF em janeiro deste ano, porém surpreendentemente deixou de figurar na nova lista, divulgada no último dia 28. Na ação, Ismerim alega que a lista “estranhamente” diminuiu de 194 ligas aptas para 140, sem qualquer justificativa para este fato. No último sábado (31), o juiz Gustavo Miranda Araújo, contudo, negou o pedido de urgência, alegando que “há tempo suficiente para a devida distribuição deste feito na segunda-feira que se avizinha, durante o curso normal do expediente forense, possibilitando ao juízo competente apreciar a presença ou não dos requisitos da medida de urgência que se requer, não se justificando a submissão do pleito liminar ao regime de plantão”. “Posto isto, deixo de apreciar o pleito liminar e determino a remessa dos autos à distribuição para uma das varas cíveis da comarca desta capital após o término do plantão judiciário”, conclui. Ademir Ismerim foi procurado pelo Bahia Notícias para comentar sobre a ação, mas não foi encontrado.

Por Bahia Notícias

Comentários