Jogando fora de casa, seleção de Eunápolis mostra sua força vence Ipiaú e está nas quartas do Intermunicipal

A seleção de Ipiaú recebeu a seleção de Eunápolis na tarde desse domingo (22), em jogo válido pelas quartas de final do Campeonato Intermunicipal, e está eliminada ao ter sido derrotada por 1 a 0. Essa foi a primeira derrota da seleção de Ipiaú jogando em casa, no tempo normal. O estádio Pedro Caetano mais uma vez estava completamente lotado, numa festa digna de aplausos proporcionada pela melhor torcida da Bahia.

O Jogo – O técnico Netão escalou a mesma equipe que empatou em Eunápolis, numa formação mais equilibrada e coesa. Já Eunápolis não contou com seu melhor jogador, o meia Ley, que cumpria suspensão. A bola demorou um pouco pra rolar em virtude de desordem no banco de reservas de Eunápolis. Além disso, a ambulância só chegou ao Pedro Caetano com 30 minutos de bola rolando.

O time ipiauense fez um ótimo primeiro tempo, fez uma boa marcação e ofereceu perigo ao gol de Márcio Greyk. Em lance em cima de Vitinho, o árbitro Joedson marcou jogo perigoso dentro da área, interpretando que o jogador de Eunápolis levantou muito o pé sem tocar no jogador de Ipiaú. Caso houvesse o toque, o lance seria pênalti. Em outra bola na área, nitidamente a bola bateu no braço esquerdo do jogador Nino Marangon de Eunápolis, mas a arbitragem deixou passar. A seleção de Eunápolis estava muito cautelosa em campo, sentindo a falta de Ley, que articula todo o jogo, mas quase marcou depois de erro de Rilex na saída de bola, mas a bola bateu na trave.

No segundo tempo, o jogo foi mais equilibrado, as duas equipes temiam sair para atacar e tomar contra ataque, mas Ipiaú tentava pelo lado direito com o insinuante lateral Albérico e o atacante Vitinho, que fizeram uma boa dupla pelo setor. Na metade da etapa complementar, Secão acertou um belo chute de fora da área, mas o goleiro Márcio Greyk fez grande defesa. O time de Eunápolis acertou a trave novamente em cabeçada firme depois de cruzamento na área. O duelo caminhava para os pênaltis, Márcio Greyk fazia cera, confiava em si para classificar Eunápolis, mas em boa jogada pela direita, o centroavante Rafael bateu cruzado, dentro da área, e marcou o gol da classificação da seleção de Eunápolis. A seleção de Ipiaú ainda lutou, tentou o empate até o final, mas não conseguiu e está eliminada.

 

Ao final do jogo, os jogadores ipiauenses foram aplaudidos pela extraordinária torcida, que protagonizou grandes espetáculos nos jogos dentro do Pedro Caetano. Apesar da eliminação, a seleção de Ipiaú está de parabéns por chegar a uma fase tão aguda da competição.

Por Romário Henderson/Giro em Ipiaú

Comentários