Itambé atropela Itororó e enfrenta Itapetinga na próxima fase

Em um calor de rachar na cidade de Itambé, distante aproximadamente 70 km, a Seleção de Itororó foi a campo contra a equipe local buscando a confirmação de sua vaga nas quartas-de-final, na tarde deste domingo (04). A vitória itororoense por 1 a 0 no primeiro jogo não só quebrou a invencibilidade dos itambeenses na competição, como também deu muita esperança por uma classificação de Itororó.

O jogo começou com as duas equipes se estudando, sem arriscar muito nos primeiros lances, mas já com 7 minutos, Itambé começou a se lançar ao ataque e Wambaster abriu o placar. Jogo começou a ficar tenso, muitas faltas, e até um pouco de provocações em ambos os lados. Até que aos 30 minutos, Wambaster foi lançado na área e derrubado, Jailson Macedo Freitas, árbitro CBF, marcou sem ter dúvidas o pênalti que foi convertido por Jadson. Aos 39, falta pra Itororó entre a lateral do campo e a da área, Murilo Cabana bateu cruzado, enganou o goleiro Lima, enganou todos da área e entrou, mas a festa de Itororó durou pouco. Logo após, Joelson resolveu testar da intermediária e o goleiro Kamal aceitou um frangaço no meio das pernas e assim foi o primeiro tempo.

Na segunda etapa, não deu nem pra respirar. Aos 48 segundos, contra-ataque rápida de Itambé, Dão recebeu ganhando da zaga, ficando cara a cara com Kamal. Um simples drible no goleiro e o toque pro gol vazio. O jogo se manteve com várias tentativas de Itororó que após a entrada de Luanzinho no intervalo, ganhou mais velocidade e mais tentativas. Aos 37 do 2º, o próprio Luanzinho recebeu na área e foi derrubado, pênalti marcado pra Itororó que Murilo Cabana converteu e aos 48, já no último minuto de jogo, Gazo fez o 5º gol e confirmou a eliminação da Seleção de Itororó.

Destaque negativo

A Torcida Máfia Verde, sempre presente em todos os jogos de Itororó, desta vez teve que se virar como pôde. A Prefeitura de Itororó não patrocinou a viagem dos torcedores e ao chegarem em Itambé, tiveram que ficar acuados em um canto da arquibancada do Osório Ferraz. A faixa da Máfia, já tradicional nos jogos, foi violada e o Sambão foi impedido de tocar em Itambé.

Seleção de Itororó foi eliminada. Seleção está a um empate de ir para as quartas. (foto: Léo PhotoArt)

Itororó
Kamal; Reynan, Erick, Bobó e Athauan; Kauan, Paulinho (Luan) e Léo Jai (Bonagata); Murilo Cabana, Beto (Buba) e Etoo. Técnico: Nenzinho Cara de Onça.

Itambé
Lima; Thiago, Dai, Matheus e Jadson (John Leno); Joelson, Fagner e Silas (Gazo); Dão (Édson), Wambaster (Ramon) e Buti. Técnico: Hélder Gusmão.

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (CBF/Salvador);

Assistente 1: Jeferson Abel Ferreira Lima (FBF/Eunápolis);

Assistente 2: Alex Aranha Cardoso (FBF/Uruçuca);

4º Árbitro: Edinaldo Vasconcelos Ribeiro (FBF/Itabuna);

5º Árbitro: Marcos Santos Silva (FBF/Itambé);

Cartões Amarelos: Dão (ITB); Bobó, Athauan, Kauan e Buba (ITO);

Cartões Vermelhos: Nenhum;

Gols: Wambaster, Jadson, Joelson, Dão e Gazo (ITB); Murilo Cabana (2x) (ITO).

Por Igor Novaes/Itororoesportes.blogspot.com

Comentários