Globo pressiona São Paulo e outros times a vetarem transmissão do Athletico-PR

A Globo pressiona os clubes da Série A para impedirem a transmissão do Athletico de jogos do Brasileiro em suas plataformas próprias, com mostram documentos obtidos pelo blog. Um dos alvos da emissora foi o São Paulo que enfrenta o time paranaense neste domingo, em Curitiba. O Athletico tem decisão judicial favorável a passar suas partidas em seus canais em disputa com a Globo.

A briga entre o clube e a emissora vem desde a assinatura dos contratos do Brasileiro. Todos os clubes assinaram acordos para as plataformas de TV Aberta e pay-per-view, enquanto o clube paranaense só topou na plataforma Aberta.

Em 2020, o Athletico usou a MP do Mandante, enquanto esteve vigente, para vender seus direitos de ppv para a empresa “Live Move”. A partir daí, criou uma plataforma no Twitch para transmissão de jogos pagos. Mas a Globo questiona esse direito na Justiça. Até agora, uma decisão do Tribunal de Justiça do Paraná deu razão ao clube.

Então, o Athletico transmitiu o jogo contra o Vasco, inclusive com pacote para torcida visitante. E fará o mesmo na partida diante do São Paulo, que terá transmissão aberta.

A partir daí, a Globo passou a mandar notificações aos clubes lembrando do contrato de exclusividade de ppv que esses têm com a emissora. E pediu que as agremiações tomassem medidas para impedir a transmissão. Até agora, clubes como Sport, Ceará, Flamengo e São Paulo receberam as notificações.

Questionada sobre o caso do Athletico, a Globo negou pressão sobre os clubes e disse que não comentaria casos na Justiça: “A Globo não comenta assuntos sub judice, mas pode esclarecer que sempre respeita e acata decisões judiciais, ainda que com elas não concorde, sem prejuízo da adoção dos recursos previsto em lei. Não houve qualquer pressão sobre os clubes. Apenas a discussão de um problema comum de parceiros comerciais: a violação por um terceiro da exclusividade contratada entre emissora e clubes.”.

Fonte: UOL

Comentários