“Fome só de Bola” reuniu grandes nomes do futebol brasileiro

Teixeira de Freitas – Aconteceu na tarde do último sábado, dia 16/12, a segunda edição do Fome só de Bola realizado pelos irmãos Gois (Galego, Baixinho e Naldo). O evento reuniu grandes jogadores que fizeram sucesso no futebol brasileiro no passado recente e também atletas que estão em atividades em alguns clubes do Brasil. Dentre os jogadores que vieram participar podemos destacar Jorge Wagner com diversas passagens pro grandes clubes do Brasil, sendo campeão da Copa Libertadores em 2006 pelo Internacional e bicampeão brasileiro 2007 e 2008 pelo São Paulo; outro nome de peso foi o ex-jogador Marcelo Ramos que também passou por muitos clubes importantes do futebol brasileiro, tendo sido campeão da Libertadores em 1997 pelo Cruzeiro, bicampeão da Copa do Brasil também pelo Cruzeiro e títulos internacionais conquistados na Holanda e também na Colômbia; Marion, que é natural de Teixeira de Freitas que estava no CRB; Diego Ivo que também é da região e disputou o último Brasileirão da série B pelo Paysandu; Marquinhos, atacante, natural do Prado que também acumula diversas passagens por grandes clubes do Brasil e disputou o último Brasileirão da série A pelo Sport; Buru, ex-atleta da seleção brasileiro de futebol de areia e que já foi o melhor jogador da modalidade eleito pela FIFA.

Os destaques da partida foram Beto de Helvécia, Diego Ivo, Wilker, Marquinhos e Buru, todos marcaram gols.

Independente do placar e quem fez gol ou não, o que deve ser levado em consideração é quantidade de alimentos arrecadados para serem distribuídos para as famílias carentes da cidade. Uma causa nobre que deveria ser abraçados por todos.

Apesar do tímido comparecimento da torcida, o evento foi considerado um sucesso. O único fato a lamentar é a falta de manutenção do estádio. Muitas coisas precisam ser feitas para melhorar a estrutura do estádio. A nossa reportagem se deparou com uma parte da grama sem aparar, falta de energia elétrica nas cabines de transmissão e mato entorno do estádio.

Por Luan Mota/Esporte na Mídia

Comentários