Flamengo: Newcastle quer Jorge Jesus e tem projeto bilionário ‘padrão Manchester City’ com príncipe saudita

Crédito da imagem: Nayra Halm/Foto Arena)

O Flamengo poderá encontrar um concorrente de muito peso nos próximos dias em sua missão de renovar o contrato de Jorge Jesus. Segundo as informações publicadas pelo jornalista Bruno Andrade no portal Goal, o treinador entrou novamente no radar do Newcastle, que vive a expectativa de viver um novo patamar na Premier League com a provável venda do clube ao Fundo de Investimento Público (PIF) comandado pelo príncipe herdeiro árabe Mohammed bin Salman, que deverá investir nada menos do que 300 milhões de libras (cerca de R$ 2,1 bilhões) na transação.

O desejo do príncipe herdeiro da Arábia Saudita é colocar o Newcastle no padrão de competição com gigantes como Manchester City e Manchester United. Para isso, uma grande quantia de dinheiro deve ser injetada no futebol do clube. O nome do técnico português aparece justamente como um dos favoritos nos Magpies, juntamente com o argentino Maurício Pochettino.

Ainda segundo informações do Goal, o Newcastle tem um outro trunfo neste cenário: um dos intermediários no processo de aquisição do clube é o israelense Pini Zahavi, que representou Jorge Jesus nos últimos anos, inclusive nas negociações com Marcos Braz, no Flamengo. O empresário, inclusive, já havia apresentado ao português uma proposta dos Magpies. O treinador, no entanto, preferiu comandar o Rubro-Negro.

Paralelamente ao interesse do Newcastle, o Flamengo conhece a dificuldade que terá para renovar o contrato de Jorge Jesus, que se encerra em junho. Com a disparada do euro em relação ao real nos últimos meses por conta da pandemia do COVID-19, o Rubro-Negro vê a pedida do treinador para um novo vínculo ficar mais elevada. De acordo com o Goal, o português pretendia um acréscimo de 50% nos salários para o novo vínculo.

Além disso, ainda segundo a publicação, Jorge Jesus já não está confiante em fechar um contrato longo com o Flamengo, considerando uma ampliação até dezembro. O Rubro-Negro, no entanto, pretendia assinar com o português até dezembro de 2021. O treinador é aguardado nos próximos dias no Brasil para retomar as negociações. 

Fonte: FOX Sports

Comentários