Flamengo consegue análise das imagens de discussão entre Ramírez e Bruno Henrique

O Flamengo conseguiu materiais mais detalhados para encaminhar processo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) sobre o caso do meia Gerson, atacado com fala racista pelo meia Índio Ramírez, do Bahia, no jogo entre as equipes no último domingo (20). O clube carioca solicitou uma análise das imagens da partida em que o jogador do Tricolor discute com Bruno Henrique pouco depois de Gerson acusá-lo de ter chamando-o de “negro” em tom pejorativo. 

Foto: Reprodução / TV Globo

“O Flamengo encomendou a especialistas do Instituto de Educação de Surdos, uma leitura labial da situação do Ramirez com o Bruno Henrique momentos antes do que se passou com o Gerson. A prova revelou que teria havido a ofensa, vamos apresentar ao STJD e entregar à polícia”, publicou Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral do Flamengo na tarde desta terça-feira (22). 

A discussão com Bruno Henrique, treze minutos após o incidente com Gerson, Ramírez volta a ser desrespeitoso com o jogador do clube adversário. Segundo análise de leitura labial consultados pelo GE, o jogador do Bahia declara “está falando muito, seu negro”, enquanto o atacante do Flamengo o enfrenta.

Procurado pela reportagem do mesmo site, a assessoria de Bruno Henrique disse que o jogador não ouviu o colombiano chamando-o de negro. 

Na última segunda-feira (21), o Rubro-negro anunciou que iria representar Gerson durante a resolução do caso com o colombiano. A CBF também abriu investigação para analisar o caso junto ao STJD na última segunda. 

Fonte: Bahia Notícias

Comentários