Ex-empresário proibiu Luva de Pedreiro de participar de festa junina

O prefeito Nininho Gois, da cidade de Quijingue (região sisaleira da Bahia), afirmou que Allan de Jesus, ex-empresário de Luva de Pedreiro, teria “vetado” o jovem e dificultado o contato das pessoas com o influenciador digital.

“Allan [Jesus] blindou ele [Luva de Pedreiro], não deixou ninguém mais ter contato. Iran ficou muito preso”, disse o prefeito.

Luva de Pedreiro e o ex-empresário Allan Jesus – Foto: Reprodução/Redes Sociais

No inicio de 2022, logo quando o Luva viralizou nas redes sociais, a prefeitura de Quinjigue entrou em contato com o jovem para gravar alguns vídeos. De acordo com o gestor municipal, o convite foi feito pouco antes de Luva de Pedreiro ser agenciado por Allan Jesus, seu ex-empresário.

“Estamos colocando nossa seleção de futebol no campeonato intermunicipal e gostaríamos que Iran gravasse alguns vídeos. Pedimos que ele viesse até a sede da cidade, mas foi quando o empresário chegou e não conseguimos mais ter contato com ele”, relatou o prefeito.

Depois de aparecer na vida do jovem, Allan Jesus levou o Iran para o Rio de Janeiro para a realização dos trabalhos de publicidade. “Só conseguimos falar com Iran quando ele voltou do Rio de Janeiro [para Quijingue], mas era um contato muito difícil”.

Antes da polêmica com Allan se espalhar pela internet, o prefeito visitou a casa de Iran, no povoado de Tabua, na zona rural do município. Ele disse que o jovem estava muito irritado, porque queria participar da festa de São João da cidade, mas foi impedido por Allan Jesus.

“Iran ficou muito chateado, provavelmente até por causa de outra situação, não é? Porque foi logo quando começaram os problemas. Agora ele está com um novo empresário [o ex-jogador de futsal Falcão]. A gente deseja o melhor para ele e todo o sucesso do mundo”.

As controvérsias começou logo quando o jovem baiano anunciou uma pausa na gravação de vídeos, e fez com que o ex-empresário, que na época era responsável por sua carreira, viesse a público para explicar contratos de publicidade que ainda não foram pagos ao Luva.

O empresário veio a público novamente no dia 23 de junho para explicar sobre os contratos de publicidade que ainda não foram pagos ao influenciador. Allan de Jesus disse que o influenciador tem R$ 2 milhões a receber. Foi afirmado por ele que o pagamento será feito a partir de julho de 2022.

Fonte: Jornal A Tarde