Estádio Tomatão em Teixeira de Freitas deve passar por vistoria da FBF em breve

 Teixeira de Freitas – Divulgado amplamente em julho, a FBF começou a série de vistorias nos estádios que em 2018 serão palcos dos jogos da série A e B do Campeonato Baiano. De acordo com o cronograma estipulado pela entidade, o estádio Antônio Rodrigues Santana, em Teixeira de Freitas, seria vistoriado nesta sexta e sábado, dias 3 e 4, respectivamente. Em conversa com o presidente da Associação Atlética Teixeira de Freitas (Portela), Gerson Dantas, o mesmo disse que normalmente a FBF comunica com antecedência a sua vinda e até a noite da terça-feira, dia 31, não tinha se pronunciado sobre o caso.

A nossa reportagem esteve na manhã de segunda-feira, dia 30, no estádio para saber se o mesmo tinha passado por alguma mudança em sua estrutura. Porém, o que se notou foi somente a fachada do estádio totalmente pintada com as novas cores da atual gestão e mais nada. Tentamos adentrar na parte interior do estádio, porém estava trancada e não foi possível. O que deu para notar é que o gramado estava sendo aparado e que nenhuma mudança foi feita na estrutura do estádio.

Após a eliminação da seleção de Teixeira de Freitas do Intermunicipal, o estádio foi fechado para a recuperação do gramado que estava castigo pela carga de jogos. Até onde se sabe, a secretaria de esportes tinha contratado uma empresa para a revitalização do gramado. Informação obtida pelo nossa reportagem é de que o estádio estaria sem água para molhar a grama, fato inexplicável por parte do órgão que administra o estádio.

Talvez, por essas e outras situações que o antigo secretário de esportes pediu exoneração, pois a falta de condições de trabalho o atrapalhavam nas boas intenções para gerir o esporte da cidade.

Os presidentes de cada clube devem adotar as providências no sentido de viabilizar o acesso do(s) preposto(s) da FBF no estádio que abrigará os jogos do respectivo clube, sob pena de não haver a vistoria e assim a consequente não liberação do estádio.

Em caso de não aprovação dos laudos, cada estádio terá um prazo para a conclusão das melhorias necessárias e apontadas nas vistorias.

Em caso de não aprovação do estádio ao final do prazo para melhorias, o clube não poderá mandar jogos em seu próprio mando de campo e não poderá indicar praça esportiva alternativa, cabendo à FBF indicar um dos estádios em Salvador para que a partida ocorra.

O cronograma de Vistorias Técnicas das Condições de Segurança, Capacidade, Higiene e Engenharia dos Estádios que abrigam Jogos de Competições Oficiais das Séries A e B do Baianão foi publicado através da RDI-06/17.

Vamos aguardar o desfecho desta vistoria e que o Portela não sofra retaliações para a participação do campeonato Baiano do próximo ano.

Por Luan Mota/Esporte na Mídia com informações da FBF

Comentários