Enquanto SP paralisa futebol, Rússia vacina torcedores que vão ao estádio

Os campeonatos Paulista e Cearense serão paralisados por causa do crescimento no número de casos da covid-19. O Paranaense também já adiou uma rodada da recém-iniciada temporada devido à pandemia. E é bem provável que a bola deixe de rolar em outros cantos do Brasil durante as próximas semanas na tentativa de contenção do vírus.

Enquanto isso, a mais de 11 mil quilômetros daqui, a Rússia tem permitido a ida de torcedores aos estádios. E, a partir deste fim de semana, alguns deles serão vacinados caso decidam acompanhar as partidas in loco.

A ação foi patrocinada pelo Zenit São Petersburgo, que lidera a Premier League russa. No jogo de ontem (13), contra o Akhmat, e em todas as partidas do clube como mandante até o fim da temporada, serão oferecidas doses da Sputnik V para o público presente na Gazprom Arena.

A vacinação será exclusiva para maiores de 18 anos. Os torcedores que quiserem ser imunizados devem se apresentar a uma estação móvel dentro do estádio com passaporte e cartão de vacinação em mãos.

Ao contrário da maioria dos países da Europa e também do Brasil, a Rússia não adotou o modelo de futebol sem torcida como forma de conter a proliferação da covid.

De acordo com dados da Universidade de Oxford, a Rússia já registrou pouco mais de 90 mil mortes em decorrência da pandemia, menos apenas que Estados Unidos, Brasil, México, Índia, Reino Unido e Itália.

Fonte: UOL

Comentários