Disputa entre torcidas de times deixa pelo menos 15 mortos no México

Uma briga entre torcedores do Querétaro e do Atlas deixou pelo menos 15 pessoas mortas, neste sábado (5), no estádio La Corregidora de Querétaro, no México. As informações foram divulgadas por veículos do país na madrugada deste domingo.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram homens desacordados, sangrando, sem roupa e tendo seus pertences roubados. A partida em que houve a pancadaria generalizada era válida pela 9ª rodada do Campeonato Mexicano. O restante da rodada foi cancelada pela liga do país.

Foto: Reprodução/Jornal Record Mx

Conforme noticiou o GE, o governo mexicano ainda não havia confirmado os óbitos quando as primeiras notícias foram veiculadas, mas informaram que 22 pessoas foram levadas para hospitais, sendo apenas duas em estado grave. 

O Atlas ganhava por 1 a 0 quando, aos 17 minutos do segundo tempo, torcedores invadiram o gramado. “Inadmissível e lamentável a violência. Serão castigados exemplarmente os responsáveis pela ausência de segurança no estádio. A segurança dos jogadores e torcedores é nossa prioridade” disse o presidente da Liga MX.

Ambos os clubes repudiaram os atos. “O Atlas lamenta e reprova os acontecimentos. O futebol deve ser um aliado para promover valores e diversão para a família. Solicitamos às autoridades investigar a fundo e chegar às últimas consequências. Que se aplique toda a força da lei”, disse o time através de um comunicado.

Já o Querétaro escreveu: “Como instituição, condenamos a violência”.