Dirigentes de Vasco e Flamengo se reuniram com Bolsonaro para discutir a possibilidade dos times treinarem no DF

Foto: Divulgação

Com a situação de pandemia no estado do Rio de Janeiro, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e o presidente do Vasco, Alexandre Campello, se reuniram com Jair Bolsonaro para discutir a possibilidade de os times treinarem em Brasília. Sem previsão para os treinos no Rio de Janeiro, a transferência para a capital federal durante a pandemia está sendo debatida.

O encontro aconteceu na manhã desta terça-feira (19) e contou também com a presença do chefe do departamento médico do Rubro-negro, Márcio Tannure, o diretor de marketing do clube, Alexsander Santos, e o senador Flávio bolsonaro, filho do presidente da República.

No fim de abril, o estádio Mané Garrincha, em Brasília, foi oferecido aos clubes do estado do Rio de Janeiro para dar continuidade ao Campeonato Carioca. A reunião desta terça teve o objetivo de discutir a proposta, levantando a chance de que as equipes possam usar a arena na capital do país para realizar treinos enquanto durar a pandemia e as regras de isolamento no Rio. Também nesta terça, o prefeito da capital carioca, Marcelo Crivella, disse que o retorno das atividades ainda não está autorizado.

No encontro desta manhã, o presidente Jair Bolsonaro foi presentado com uma das camisas que fazem parte dos novos uniformes do Flamengo. Considerando a possível reação dos jogadores, caso a mudança temporária aconteça, o Rubro-negro cogita levar as famílias dos atletas para Brasília, para acompanhá-los durante o período de treinos na capital do país. Nesta quarta (20), uma outra reunião voltará a tratar do tema.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários