Da Série A até a D: quem já caiu, subiu ou ainda luta por acesso e contra rebaixamento no Brasileiro

Junto com o fim do ano, aproxima-se também mais um fim de temporada brigado nas quatro divisões do futebol brasileiro, tanto na parte de baixo da tabela, como na de cima.

Nesta terça-feira, pela rodada cheia da Série B, mais um clube poderá garantir seu retorno à primeira divisão nacional, enquanto outro poderá ficar ainda mais próximo de cair

Pensando nisso, o ESPN.com.br deixa você atualizado sobre a situação dos postulantes ao acesso e rebaixamento da Série A à Série D (alguns já sequer são mais possibilidades, mas, sim, realidades).

Série A

O time que está mais próximo de voltar à divisão de acesso na Série A é o Atlético-GO, que é o lanterna, com 30 pontos ganhos. É bem verdade que a vitória sobre o Sport, no último final de semana, fez o “Dragão” dar aquela respirada, mas a situação ainda é quase que irreversível. Caso perca na próxima rodada, para a Chapecoense, no Serra Dourada, e veja triunfos de Vitória, diante do Cruzeiro, e Coritiba, contra o Atlético-MG, o time goiano teria de vencer todos os seus jogos e ainda reverter um alto número de saldo de gols.

De resto, tudo indefinido, por enquanto. Avaí (35), Ponte Preta (36) e Sport (36) são os outros clubes dentro da zona de rebaixamento, mas seguem de perto tanto Vitória quanto “Coxa”.

Chapecoense, Fluminense, Atlético-PR, São Paulo, Atlético-MG e Bahia ainda têm chances matemáticas de rebaixamento, mas remotas.

Série B

No último sábado, o América-MG tornou-se o primeiro time a garantir-se na primeira divisão em 2018 ao bater o Figueirense, fora de casa. Vice-líder da Série B, o Inter também tinha essa chance, mas a desperdiçou ao empatar por 1 a 1 com o Vila Nova, em pleno Beira-Rio – o que culminou com a demissão de Guto Ferreira.

Agora, o “Colorado” tem uma oportunidade (quase) impossível de perder: nesta terça, às 20h30 (de Brasília), necessita apenas de um simples empate com o Oeste, fora de casa, para comemorar a volta à primeira divisão.

Ceará (60) e Paraná (59) podem encaminhar seus respectivos retornos hoje, mas só o “Vozão” tem chances de já se colocar na Série A nesta rodada. Para isso, necessita vencer o Paysandu, em casa, e torcer pela derrota do Oeste.

Já na outra ponta da tabela, ABC, Náutico e Santa Cruz já deram adeus à competição na última jornada. A última vaga do Z-4 ficará entre Luverdense (40), CRB (42), Boa Esporte (43), Guarani (43), Figueirense (43), Goiás (44), Paysandu (45), Brasil de Pelotas (45) e até o Criciúma (46). O Juventude, em oitavo com 50 pontos, é o único que só cumprirá tabela até o fim do torneio.

Série C

A terceira divisão nacional terminou no dia 21 de outubro, com a final entre CSA-AL e Fortaleza, este futuro time do técnico Rogério Ceni. Os alagoanos ficaram com o título.

Além deles, Sampaio Corrêa-MA e São Bento, de Sorocaba, também garantiram acesso à segundona.

Moto Club-MA, Mogi Mirim-SP, ASA-AL e Macaé-RJ foram os clubes que acabaram rebaixados para a Série D por conta de suas posições finais na 1ª fase.

Série D

Na quarta divisão, foram quatro times que conquistaram seus direitos de irem à terceirona: Juazeirense-BA, Atlético Acreano-AC, além dos finalistas Globo-RN e Operário-PR. A equipe do sul do país ficou com o título ao golear os potiguares no primeiro jogo por 5 a 0 e levarem 1 a 0, no segundo.

Até agora, 67 dos 68 participantes da competição já foram definidos faltando apenas um lugar, do campeão da Copa Paulista. A final será entre Ferroviária e Internacional de Limeira, que se enfrentam nos dias 18 e 25 de novembro, sendo o primeiro confronto em Limeira e o segundo, em Araraquara.

Por ESPN.com.br

Comentários