Conmebol turbina premiação da Libertadores e anuncia valor recorde para 2022; veja quanto ganhará o campeão

A Conmebol anunciou nesta segunda-feira (20) o aumento na premiação para as suas duas competições em 2022. E os valores são recordes. No total, a entidade distribuirá US$ 244.360.000, cerca de R$ 1,4 bilhão.

O valor representa um aumento de US$ 15.100.000 (R$ 86,4 milhões), já que em 2021 a totalidade de premiações esteve na casa de US$ 229.260.000 (R$ 1,3 bilhão).

Na Conmebol Libertadores, o campeão embolsará US$ 16 milhões (R$ 91,5 milhões). A nova premiação tem um aumento de US$ 1 milhão (R$ 5,7 milhões).

O valor recebido na decisão pelo campeão se soma às premiações arrecadadas ao longo das fases anteriores. O montante é de US$ 25,5 milhões (R$ 143,3 milhões).

Veja abaixo os valores recebidos pelas equipes por partida:

Fase 1 – US$ 400 mil (R$ 2,2 milhões)

Fase 2 – US$ 500 mil (R$ 2,8 milhões)

Fase 3 – US$ 600 mil (R$ 3,4 milhões)

Também foram divulgados os valores recebidos pelo campeão e vice da edição feminina da Libertadores. Quem levantar a taça irá embolsar US$ 1,5 milhão (R$ 8,5 milhões), enquanto o segundo colocado receberá US$ 500 mil (R$ 2,8 milhões).

Na Copa Sul-Americana também há um reajuste. O campeão do segundo torneio mais importante do continente irá levar US$ 5 milhões, cerca de R$ 29 milhões. O valor é US$ 1 milhão (R$ 5,7 milhões) maior que da última edição, vencida pelo Athletico-PR.

Por fim, na Recopa Sul-Americana. O campeão levará para casa US$ 1,6 milhão, cerca de R$ 9 milhões, enquanto o vice-campeão embolsa US$ 800 mil (R$ 4,5 milhões).

Por ESPN.com.br