Clubes da Série C se reunirão com a CBF na quinta para propor formato de pontos corridos

Os clubes da Série C e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vão se reunir na próxima quinta-feira (6). Na pauta, serão discutidos a formação dos dois grupos da edição de 2022 e também a proposta do formato de pontos corridos para a disputa de 2023.

Taça da Série C. Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Em relação a formação dos grupos, existe um desequilíbrio entre os dois lados do Brasil. Tradicionalmente, as chaves são definidas com base na regionalização. No entanto, a edição de 2022 terá 13 clubes do eixo Norte-Nordeste-Centro-Oeste e sete do Sul-Sudeste. Se a formatação seguir pelas regiões, a tendência é que os três representantes do Norte, Manaus, Paysandu e Remo sejam deslocados para o Grupo B. Essa mudança já ocorreu em 2019, quando Paysandu, Remo e Atlético-AC disputaram a terceirona.

Já sobre o formato de pontos corridos, uma possível mudança colocaria a disputa da Série C com 38 rodadas. Porém, clubes como o Botafogo-PB e Altos-PI são favoráveis desde que a CBF pague cotas aos participantes como ocorre nas Séries A e B, já que aumentaria o custo, como o número de viagens mais longas.

Em 2022, o Vitória vai disputar a Série C com mais 19 clubes, que são: Remo, Confiança, Brasil de Pelotas, Manaus, Ypiranga, Botafogo-PB, Volta Redonda, Paysandu, Ferroviário, Altos, Figueirense, Floresta, São Jose-RS, Botafogo-SP, Mirassol, Aparecidense, Atlético-CE, Campinense e ABC. O campeonato está marcado para começar no 10 de abril e a final acontece em 1º de outubro.

Fonte: Bahia Notícias