Carlos Alberto anuncia aposentadoria aos 34 anos

Carlos Alberto anunciou que não jogará mais futebol profissionalmente. O anúncio aconteceu em uma postagem na sexta-feira (21), em seu perfil oficial no Instagram, e, com isso, o atleta de 34 anos encerra sua carreira com um vasto currículo no esporte, com passagens marcantes pelo Fluminense, Porto, Corinthians e Vasco da Gama.

“Venho comunicar meus fãs, amigos que trabalhei nesses anos da bola e imprensa sobre minha aposentadoria. Uma carreira na qual considero que fui vencedor. Foi uma honra conquistar a Champions League, título mais importante de clubes, com apenas 18 anos. Agradeço todos os clubes que passei, sem exceção, porque mostraram que acreditaram no meu futebol. Sempre me dediquei ao máximo por onde passei, mas agora se inicia uma nova fase. O futebol vai continuar na minha vida. Aguardem!”, disse o ex-jogador no post.

O grande momento da carreira do ex-atleta aconteceu em 2004, quando Carlos Alberto foi treinador pelo técnico José Mourinho e foi peça fundamental na conquista do Porto na Liga dos Campeões. Na ocasião, o meia era um dos destaques do time titular e fez o primeiro gol na final do torneio continental, na histórica vitória por 3 a 0 diante do Monaco, outra grata surpresa daquela edição.

Já nos clubes brasileiros, o jogador conseguiu marcar seu nome na história de equipes do alto escalão nacional. Pelo Fluminense, despontou como uma das promessas da categoria de base do clube, enquanto pelo Corinthians foi muito importante para garantir o título do Campeonato Brasileiro de 2005. No Vasco, ficou de 2009 até 2013 e foi a equipe conde mais marcou gols na carreira, além de ter sido importante no retorno do time carioca. Em 2011, o jogador teve uma passagem discreta pelo Bahia.

O atleta ficou quase um ano inteiro sem jogar recentemente, por causa de lesões, até aparecer no Boavista para disputar o Campeonato Carioca de 2019. Depois de defender o time no torneio estadual, decidiu que a melhor opção seria encerrar sua carreira profissional no futebol.

Comentários