Campeonato Baiano de 2022 poderá ter mais jogos com VAR, sinaliza presidente da FBF

Mesmo durante a pandemia, o Campeonato Baiano está trazendo novidades para os clubes participantes. Assim como este ano será a primeira edição que dará prêmios em dinheiro para os três primeiros colocados, a temporada de 2022 pode ter a presença de árbitros de vídeo em outras partidas além da final. Em entrevista ao programa BN na Bola, da rádio Salvador FM 92.3, Ricardo Lima, presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), falou sobre os investimentos na competição estadual, as atuações da entidade diante da pandemia e comentou sobre a realização dos campeonatos no estado.

Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

“Vocês terão novidades para a próxima competição. É uma tecnologia que chegou para ficar e nós entendemos que ela é fundamental no processo que hoje estamos realizando. É uma tecnologia que vence baratinado ao longo dos anos”, relatou o dirigente sobre o VAR.

“Eu me recordo que em 2019 o custo do VAR era de aproximadamente, só em tecnologia e a homologação, quase R$ 60 mil. Esse ano nós conseguimos em uma negociação com uma empresa que presta serviços para o Campeonato Brasileiro, e que está fazendo isso em todos os jogos, praticamente, elimina esses cursos de homologação. Então, ele chegou a custar com as suas despesas aproximadamente R$ 32 mil. Então, é uma tecnologia que ainda é cara para nossa realidade, mas que vem sendo barateada. A gente realmente espera que no próximo ano terá um avanço significativo para que a gente possa dar mais qualidade, segurança e minimizar os erros que, porventura, venham a acontecer dentro de campo”, explicou.

Em alguns estados brasileiros, a presença de convidados e público reduzido vem sendo discutida, principalmente em jogos decisivos de competições de destaque. Aqui na Bahia, Ricardo Lima declarou que a presença de torcedores nas arquibancadas depende diretamente da situação de pandemia no estado com base dos dados da Secretaria de Saúde.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários