BOMBA: Bahia de Feira pode desistir da Série D 2021; Vitória da Conquista herdaria a vaga

Uma bomba surpreendeu o noticiário esportivo do estado nesta terça-feira (23). De acordo com o Diplomatas News, o Bahia de Feira pode abrir mão de sua vaga no Campeonato Brasileiro da Série D de 2021 por falta de recursos financeiros.

Quem confirma a informação é o próprio presidente do Tremendão, Jodilton Souza, que afirma haver uma crise financeira na agremiação desde o ano passado: “No ano passado tínhamos a Copa do Brasil que é uma competição que nos traz um bom aporte. Nós fomos eliminados na 2ª fase e não chegamos entre as quatro primeiras equipes no Baiano. Mesmo assim fizemos um investimento alto, cerca de R$ 2,7 milhões na Série D e sequer passamos da 1ª fase”, pontuou.

Ainda em entrevista ao Diplomatas News, Jodilton apontou outra dificuldade que é a diferença de receita em direitos de transmissão quando comparada a recebida por clubes menores de outros estados do país. “A gente sabe dos esforços que são feitos, mas no Rio de Janeiro, por exemplo, um clube de estrutura semelhante a nossa pega R$ 3,7 milhões em receitas e diante disso, não dá para competir com um clube que tem um aporte destes e participar por participar só ‘cansa’ ainda mais a parte financeira do clube que ainda precisa ser fortalecida”, complementa.

Em 2020, o Bahia de Feira encerrou sua participação no Campeonato Baiano na 6ª colocação e ficou com a terceira vaga baiana na Série D 2021. As outras duas ficaram para Atlético de Alagoinhas e Juazeirense. Em caso de desistência oficial do Tremendão, o Vitória da Conquista, 7º colocado, na competição estadual no ano passado, herdaria a vaga para a disputa nacional.

Por Igor Novaes/Diário Esportivo

Comentários