Baianão: 50% das equipes trocaram de treinador

Gabardo Júnior não comanda mais tecnicamente o Vitória da Conquista na sequência do Campeonato Baiano, mesmo o Bode estando na “comissão de frente” do estadual brigando para chegar a fase semifinal da competição. Com essa saída, cinco das 10 equipes participantes do estadual já trocaram de comando técnico.

Das cinco trocas, uma aconteceu por conta do profissional ter recebido outra proposta; três – Fluminense, Doce Mel e Atlético de Alagoinhas – estão relacionadas ao desempenho das equipes em campo – e outra – a Unirb – aconteceu por conta de divergência de ideias. Até aqui, Bahia, Vitória, Bahia de Feira, Jacuipense e Juazeirense não mexeram no comando técnico.

No caso específico de Gabardo Júnior, ele recebeu uma proposta do Boa Esporte/MG e juntamente com o preparador-físico Rafael Barbosa, se apresenta amanhã ao novo clube.

– Agradecemos ambos pelos serviços prestados, no qual foi desempenhado com muito profissionalismo, deixando o clube no G4. Desejamos sucesso na carreira de ambos – diz nota do Vitória da Conquista.

Auxiliar fixo do clube, Guilhermino Lima assume interinamente o comando do time baiano até a contratação de um novo treinador. Dessa forma, Jonilson Veloso permanece no Jacuipense; Givanildo Salles na Juazeirense; Oliveira Canindé no Bahia de Feira; Cláudio Prates no Bahia e Rodrigo Chagas no Vitória.

Fonte: Diplomata News

Comentários