Avaí pedirá anulação de jogo contra CSA após ser avisado que Valdívia estava com Covid

O presidente do Avaí, Francisco José Battistotti, disse que vai entrar com um pedido de anulação da partida contra o CSA. Durante o intervalo do jogo, o clube catarinense foi avisado que o meio-campista Valdívia havia testado positivo para a Covid-19. O jogador começou como titular atuou todo o primeiro tempo infectado. O duelo foi realizado na tarde deste sábado (16), no Rei Pelé, e terminou empatado em 1 a 1. Para o dirigente, houve interferência externa.

Foto: Divulgação Avaí

“O que estranha é que alguém credenciado pelo laboratório liga para o membro da CBF. Estranho que um credenciado do laboratório tenha o telefone direto de um responsável pelo jogo. É muito estranho. Depois chegou a informação de que o laboratório é de uma pessoa vinculada ao CSA. Com essa situação convoquei o jurídico do Avaí pedindo anulação do jogo por interferência externa de pessoas não ligadas ao clube. Se tiver condição, certamente vamos pedir a anulação na segunda”, afirmou. “Quem deveria receber esse resultado é a pessoa responsável pelo clube, que o laboratório tinha o contato. Essa pessoa recebeu somente após a informação ser passada pela CBF. A pessoa da CBF foi ao banco antes do fim do primeiro tempo. O responsável pelos resultados recebeu cinco minutos após estar no vestiário”, completou.

O Avaí foi comunicado do resultado do exame de Valdívia pela CBF durante o jogo. Ao chegar nos vestiários após o encerramento do primeiro tempo, ele foi substituído por Renato e encaminhado pata o isolamento. O jogador está assintomático e não poderá deixar Maceió. O clube aguarda o resultado da contraprova e caso também seja positivo, ele será obrigado a permanecer isolado na capital alagoana por 10 dias para depois ser liberado a retornar para Santa Catarina.

Valdívia testou negativo para o jogo entre Avaí e CSA. Porém, na manhã deste sábado, foi realizada uma nova bateria de exames para o compromisso da equipe catarinense diante do Juventude, marcado para terça-feira (19). Este segundo teste foi que diagnosticou o jogador com a Covid-19.

Vivo na briga pelo acesso, o Avaí ocupa a sétima colocação na tabela com 49 pontos, seis a menos do que o Juventude, que é o quarto fechando o G-4. O CSA é o quinto com 53.

A CBF divulgou nota se posicionando sobre o caso:

“1 – Conforme previsto no protocolo das competições, todos os jogadores do Avaí realizaram testes antes do jogo diante do CSA, com resultados negativos.

2 – Visto que o Avaí tem jogo marcado para a próxima terça-feira, 19, diante do Juventude, os atletas foram submetidos a novo exame neste sábado, em laboratório escolhido pelo clube, no qual foi detectado o resultado positivo do jogador Valdívia.

3 – Durante o primeiro tempo do jogo de hoje contra o CSA, o Supervisor da partida foi informado do resultado do exame por um profissional credenciado do laboratório responsável. Por zelo, comunicou ao médico do Avaí que, após confirmar o resultado do exame enviado pelo laboratório, tomou a decisão de retirar o atleta do jogo.”

Fonte: Bahia Notícias

Comentários