Após proposta tentadora do futebol árabe, Vasco anuncia permanência de Zé Ricardo

O início da tarde deste domingo foi de ótima notícia para a torcida do Vasco.

Por meio de seu site oficial, a equipe cruz-maltina anunciou a permanência de Zé Ricardo. O treinador, que chegou no ano passado, havia recebido uma proposta tentadora do Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, mas a recusou.

O Vasco ofereceu a ele um projeto de reestruturação do futebol, da base ao profissional e, de acordo com o clube, “gostou do que ouviu”.

“Mais até do que a parte financeira, pesou para o Zé Ricardo esse projeto que nós oferecemos. Ele é um profissional sério, dedicado, e mostramos a ele o quanto ele é fundamental em colaborar na reestruturação do futebol do clube”, disse o presidente vascaíno, Alexandre Campello.

Segundo já havia adiantado o comentarista da ESPN Jorge Nicola, que ouviu a existência de uma oferta do próprio treinador, ela chegou a seduzir o ex-flamenguista, mas não foi o bastante para convencê-lo a trocar o futebol brasileiro pelo do Oriente Médio.

De acordo com a repórter Gabriela Moreira, o Al-Ahli, clube pelo qual atuou recentemente o meia Éverton Ribeiro, pagaria a Zé Ricardo 6 milhões de euros (cerca de R$ 23 milhões, pelas cotações atuais) por um contrato de três anos.

O técnico foi contratado pelo Vasco no final de agosto do ano passado, substituindo Milton Mendes após acúmulo de maus resultados. Ele havia acabado de deixar o Flamengo, time que o “revelou” para o futebol fora das quatro linhas.

Sob o comando de Zé Ricardo, a equipe de São Januário recuperou o bom futebol e se classificou para a fase prévia da Libertadores da América, competição a qual não disputava desde 2012, quando acabou eliminado para o Corinthians já nas quartas de final.

O Vasco conquistou o direito de participar da fase de grupos da principal competição continental depois de vencer duas vezes o Universidad Concepción, do Chile, e de golear, ser goleado e bater o boliviano Jorge Wilstermann nas penalidades máximas. Ele entra na chave mais complicada do certame, contendo Cruzeiro, Racing, da Argentina, e Universidad de Chile.

Neste domingo, às 17h, a equipe cruz-maltina visita a Portuguesa-RJ, pela 2ª rodada da Taça Rio. Como teve a participação pela Libertadores, não disputou a primeira jornada, diante do Macaé, que foi adiada para a próxima quinta.

Por ESPN.com.br

Comentários