Zagueiro do Jacobina pede ‘espírito de luta’ para reverter vantagem do Conquista

imagem_noticia_5O Jacobina não começou bem a briga pelo título da Copa Governador do Estado de 2016. Em pleno estádio José Rocha e com o apoio do seu torcedor, o Jegue da Chapada foi derrotado pelo Vitória da Conquista por 2 a 0 e precisa vencer por 3 a 0 no próximo domingo (20), no Lomanto Júnior, para levar o título. Para conquistar o objetivo, o zagueiro Igor Maranhão pediu dedicação ao grupo.

“A equipe tem que ter espirito de luta maior. Era uma final e entramos um pouco desligados. Poderíamos ter sido muito melhores ontem. É ter tranquilidade neste momento”, disse, em entrevista ao Bahia Notícias.

Maranhão também destacou a perda da invencibilidade da equipe dentro de casa e pregou trabalho para a semana de treinamentos.

“Foi um placar difícil de digerir, a gente não esperava uma derrota como essa, ainda mais diante da nossa torcida. Não tínhamos perdido no José Rocha. Agora temos uma semana para trabalhar e tentar reverter esse placar”, indicou.

Pela primeira vez na final da competição estadual, o Jacobina carrega uma campanha de três triunfos, dois empates e uma derrota.

Por Ulisses Gama

Comentários