Vitória imponente da Seleção de Itapetinga reanima torcedor em segundo amistoso preparatório.

Itapetinga

Depois de ver sua seleção ganhar o primeiro amistoso e não convencer, os torcedores itapetinguenses saíram do Primaverão neste domingo, 29, com outra percepção do seu time. A Seleção de Itapetinga enfrentou a Seleção de Ibicaraí e mostrou evolução técnica de um jogo para o outro. O triunfo veio de forma maiúscula em seu último jogo de preparação antes da estreia no Campeonato Intermunicipal de 2018.

Os quase 600 torcedores presentes puderam apreciar outra postura da Seleção de Itapetinga. Houve, sim, alguma evolução tática do time, mas a precisão técnica foi realmente o que chamou a atenção. Com um esquema parecido do último jogo, desta vez, a intenção das jogadas foram quase sempre atendidas. As inversões de jogadas e a chegada do time pelas laterais, em fim, apareceram com uma qualidade muito superior do jogo contra Firmino Alves, no domingo anterior. Mas talvez o destaque maior tenha sido a recuperação rápida da posse de bola. No início do jogo, enquanto o ataque ainda se entrosava para chegar ao gol perdendo fácil a bola, a defesa desarmava muito rápido o adversário evitando os contra ataques da Seleção de Ibicaraí. E foi assim, com essa eficiência ofensiva, que as oportunidades chegaram ao ataque itapetinguense. No primeiro gol, Miller aproveitou um escanteio e abriu o placar na metade do segundo tempo. Depois do primeiro, a ligação entre meio campo e ataque parecia se entender melhor e passaram a criar mais chances de várias formas. Com um time mais solto, o meia Ley ampliou o placar para 2 a 0, ainda no primeiro tempo.

Ibicaraí

Na segunda etapa foram mais dois gols de bolas paradas, um de Netinho de falta e outro de Julinho depois da cobrança de escanteio. As mudanças feitas pelo técnico de Itapetinga, Marcos Correia, que trocou todo time ao longo dos 45 minutos, teve sua glória do inicio do 2° tempo até aos meados dos 35 minutos. A entrada do volante Rafa acabou dando uma melhor liberdade a Miller, que vinha de um primeiro tempo discreto, e que ganhou status de criação em um bom nível e elegância. Os dois volantes mantiveram uma sincronia quase perfeita, o que resultou em saídas de bolas rápidas e precisas, utilizando mais as laterais. O time perdeu um pouco do ritmo nos minutos finais, mesmo com quase todo time trocado por Marcos, e acabou levando um gol do rápido Vinicius Liberino, o destaque da seleção de Ibicaraí no segundo tempo. Apesar do susto, o placar final ficou em Itapetinga 4 x 1 Ibicaraí.

Ficou plantada a boa expectativa de que o time ainda evolua durante o torneio e chegue em um nível ainda melhor, enchendo de esperança a uma provável conquista do tricampeonato em 2018.

Por Esdras Lopes/Tribuna de Itapetinga

Comentários