Vídeo: Representando Teixeira de Freitas, atirador é terceiro lugar em competição disputada nos EUA

Teixeira de Freitas – A modalidade de tiro esportivo vem crescendo nos últimos tempos no Brasil. Mesmo sendo um esporte que ainda atravessa muitas dificuldades, por razões políticas, culturais, burocráticas, custosas e etc. A cidade de Teixeira de Freitas dispõe hoje de um clube de Tiro chamado de CTTF (Clube de Tiro de Teixeira de Freitas).

O português Tiago Barreira Alcarrao, que reside há mais de 10 anos em Teixeira de Freitas, tem se destacado no cenário brasileiro e internacional de tiro esportivo. Com 5 anos de prática, Tiago tem se dedicado (a mais ou menos 2 anos) a profissionalizar-se como atleta. Entra as conquistas estão: 3 vezes campeão estadual no Espirito Santo; campeão Baiano; vice-campeão brasileiro e também um 3.º lugar. Estes resultados são calculados no final do ano após várias etapas.

“Para ser atleta de tiro de nível internacional e ser competitivo, é muito difícil, pois os custos no brasil são absurdos, por isso que quando temos boas colocação em provas no exterior, para nossa alegria é ainda maior, pois sabemos o quanto menos podemos treinar em relação aos nossos concorrentes, algo que eles mesmo admiram em nós. Graças a todos meus resultados, já consegui alguns patrocinadores que ajudam muito, na questão dos equipamentos, empresas nacionais como a Visão Custom, a Guga Ribas e a Gun Store Brasil, e claro o apoio do Clube da cidade o Clube de Tiro, de Teixeira de Freitas (CTTF)”, relatou Tiago.

Em 2018, Tiago participou do Campeonato Mundial de Shotgun, na França, cuja modalidade é sua predileta. Foi uma competição com cerca de 700 atletas, de mais de 25 países e Tiago se classificou entre os 100 melhores do mundo, na minha sua categoria.

Em fevereiro de 2019, participou de uma prova nos Estados Unidos de uma outra modalidade (muito propagada por lá), mas também de armas longas. Nesta, Tiago alcançou o 21º lugar geral e o 3º lugar internacional na sua modalidade (entre os atletas estrangeiros).

Por último, no mês passado Tiago participou de uma prova épica e muito famosa nos EUA, no estado do Kentucky, em uma cidade chamada de Parck City. Existe um resort de tiro chamado de Rockcastle, onde todo o ano é realizado o Rockcastle 3Gun Pro Am, na qual Tiago participou pelo terceiro ano consecutivo. É um antigo Resort de Golf, agora transformado para a prática do tiro. Para ter ideia a lista de inscritos fecha em menos de 24h com lista de espera.

Esta modalidade chamada de 3Gun, que obriga o uso das 3 armas simultaneamente, na mesma pista, uma shotgun (espingarda), uma handun (pistola) e um Fuzil de Tiro de longa distância, o que torna este tipo de prova um endurance, além de exigir muito da parte física, psicológica e que também leva os equipamentos ao limite. Os melhores atletas do mundo estavam presentes, inclusive lendas, como o famoso Jerry Miculek.

“A minha maior dificuldade no 3gun foi a questão do Fuzil, pois no Brasil no momento ainda não podemos ter esse tipo de armamento, e para esta prova era uma exigência. Participei usando um emprestado de um amigo americano, mas com tiros ate de 700m e sem conhecer a arma e nem poder treinar, o nível de dificuldade aumenta exponencialmente, mas mesmo assim em um evento de cerca de 500 atletas, consegui me classificar em 89 geral e em terceiro na classificação internacional. Esta premiação internacional é separada da geral, mas é muito importante por conta da grande dificuldade do armamento para todos os estrangeiros, somos então colocados neste caso numa classificação separada e mais coerente com os resultados”, disse Tiago.

Tiago Neste Barreira se prepara para o Campeonato Europeu que vai ocorrer na Hungria, uma prova que também conta com cerca de 500 atletas de diversos países. “Será uma prova bem difícil e de nível técnico muito elevado”, finalizou o atirador.

Por Redação Esporte na Mídia

Comentários