Um argentino que nunca jogou na Argentina e já ofuscou Neymar: quem é atacante que estava em avião desaparecido

Ele tem 28 anos, nasceu em Progreso, província de Santa Fé, na Argentina, mas jamais usou a camisa de qualquer clube do país natal. Tão pouco defendeu a sua seleção. Mesmo assim, chamou a atenção do Cardiff City, que o transformou em contratação mais cara da história da equipe.

O nome do jogador em questão é Emiliano Sala, que nesta terça-feira preocupa o mundo do futebol depois da confirmação da notícia de que ele estava a bordo de um avião que desapareceu fazendo o trajeto de Nantes, na França, para Cardiff, no País de Gales.

A contratação pelo Cardiff, confirmada no último final de semana, veio depois de temporada de destaque pelo Nantes, da França, com 13 gols, sendo 12 no Campeonato Francês. Na largada da temporada, chegou a ficar à frente até mesmo de Neymar, só perdendo para Kylian Mbappé – ambos do milionário PSG.

“Meus amigos, especialmente os que moram na Argentina, tiram onda comigo quando veem que eu estou no topo dos goleadores da França junto com Mbappé e de outros jogadores de grande nível”, disse Sala ao jornal “Marca” ainda em 2018.

“Não esperava ter um início tão bom. E não vou me colocar limites. Eu não esqueço de onde eu vim e quero desfrutar o máximo esse momento que estou vivendo”, completou o jogador, na ocasião, para o jornal espanhol.

Na época da entrevista, Sala tinha uma estatística impressionante a seu favor: dez gols em 13 tentativas. É 77% de precisão. O desempenho dele em 2018/19 pelo Nantes o fez, inclusive, igualar os 12 tentos que eram sua melhor marca no Francês.

“Ser melhor na finalização era um dos meus objetivos. Tem me ajudado muito ter como treinador uma pessoa que foi um grande atacante e que me dá conselhos preciosos todos os dias”, disse o jogador.

“Ele é um atacante com potencial de jogar pelo Manchester City, pelo Liverpool. Ele faz o trabalho de pivô, ataca pelos lados e tem ótima presença de área. Quem sabe ele possa superar meu recorde”, disse o técnico Vahid Halilhodzic, que na temporada 1984/85 fez 28 gols pelo Nantes.

A história de Sala começou na Argentina, onde ele fez parte do Projeto Crescer, uma escola de futebol. Com 20 anos, ele foi recrutado para defender a equipe do Bordeaux. Demorou para se adaptar. Acabou emprestado ao Orléans, ao Niort e ao Caen, pela ordem. Todos times de menor expressão. Voltou ao Bordeaux e foi cedido ao Nantes em 2015.

Foi pelo clube atual que o atacante argentino passou a gostar de fazer gols, mas não tinha nada comparado ao desempenho nesta temporada, que o fazia sonhar com a seleção argentina.

“Seria um sonho estar ao lado de Messi e vestir a camisa da equipe. Vou lutar para ter uma oportunidade. Eu sempre gostei muito do Batistuta. É um dos meus exemplos. Gosto também do Cavani”.

Aos 28 anos, Sala foi confirmado como reforço do Cardiff por 15 milhões de libras (mais de R$ 72 milhões), no negócio mais caro já feito pelo clube, 18º colocado na Premier League.

A aeronave que transportava Sala e mais um passageiro, desapareceu na noite de segunda-feira, a cerca de 20km ao norte da ilha inglesa de Guernsey, e as autoridades trabalham nas buscas.

Por ESPN.com.br

Comentários