Treinador de futebol é preso acusado de abuso sexual em Eunápolis

Gilberto Júnior Rocha da Silva, o Juninho (28 anos), treinador de futebol acusado de abuso sexual

O treinador de futebol Gilberto Júnior Rocha da Silva, o Juninho (28 anos), teve o mandado de prisão temporária, busca e apreensão cumprido nesta terça-feira (22), em Eunápolis, no Extremo Sul da Bahia. Segundo a Polícia Civil, ele é acusado de aliciar e abusar sexualmente de adolescentes, alunos de uma escolinha de futebol.

O coordenador 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, delegado Moisés Nunes Damasceno, afirmou que a investigação contra Gilberto foi iniciada a partir da denúncia de um adolescente. O delegado contou que, no início, o professor se passava por uma mulher para atrair as vítimas.

“Após enviar fotos com conteúdo pornográfico, obtidas por ele na internet, ainda fingindo ser menina, Gilberto induzia os garotos a também enviarem fotos.“

Após conseguir as fotos íntimas dos meninos, Gilberto se identificava e passava a ameaçá-los, dizendo que iria divulgar as imagens para toda a cidade, solicitando mais fotos e vídeos íntimos.

“Ele coagia os adolescentes a realizarem cenas eróticas durante chamadas por vídeo ao vivo. Em outros casos, ele chegava a marcar encontros presenciais, mediante ameaça e praticava atos sexuais com as vítimas”, detalha o coordenador.

Ainda de acordo com a PC, foi apreendido material contendo imagens pornográficas de diversos adolescentes na casa do suspeito, durante a busca e apreensão. A polícia também investiga a existência de sete vítimas dos abusos. O treinador de futebol está preso aguardando as providências da Justiça.

Por Edição Bell Kojima/Repórter Coragem

Comentários