Treinador da seleção de Itamaraju promove mudanças na equipe no primeiro coletivo da semana

A seleção de Itamaraju que busca sua primeira vitória no certame, realizou na última quarta-feira, o seu primeiro coletivo da semana visando o jogo diante Teixeira de Freitas, domingo às 15 horas no estádio municipal Juarez Barbosa (Barbozão).

No treino de ontem o técnico Moises Alves promoveu algumas mudanças na equipe titular. A primeira mais por uma questão de ordem medica, pois, o zagueiro Gil recebeu uma pancada no tornozelo durante o treino do dia anterior, sendo substituído por Bispo que passou a fazer dupla com o Caio Rocha. Enquanto que para o lugar do Bispo aconteceu à entrada do Léo Natal, algo já esperado. Não necessariamente no lugar do Bispo, esse tem lugar cativo no time. É devido ao nível técnico do Leo Natal, principalmente pelo bom passe que esse atleta possui.

Quanto ao zagueiro e capitão Gil, uma vez recuperado voltará ao time e quem deve perder espaço para o Leo Natal será o Ricardo Gomes que inclusive iniciou a atividade no time de baixo, dando assim lugar para o atacante Alexandre. Com o Alexandre titular, a equipe voltou ao 4-3-3, esquema que não acredito que seja mantido pelo treinador. Voltando o Gil, consequentemente o Bispo retornará a cabeça de área e certamente com o Léo Natal sua a frente e, completa o meio campo com o Bóba e o Miller, retornando assim ao 4-4-2, formação do jogo frente à Itabela no domingo passado.

O coletivo até que foi agradável de ver no ponto visto de movimentação, bons passes, mas o que não agradou mais uma vez foi à conclusão das jogadas. Abusaram de perder gol. Nota-se claramente que há um pouco de ansiedade no momento de colocar a bola no fundo da rede. E quanto a isso ninguém pode dizer que é por falta de trabalhar mais esse fundamento. Tenho observado no dia/dia da seleção embora a distância, que é muito grande a cobrança do técnico Moises em cima de seus comandados para que se cumpra à risca os fundamentos, principalmente aqueles de ataque.

Chegou ontem, inclusive participando do coletivo o garoto Wallas de 21 anos, oriundo de Belmonte, chega por indicação de Pé de Ferro e do ex-profissional atacante Fafá, quem não o conhece! O garoto é atacante e tem 1,92m de altura. Apesar de estar bem acima do peso demonstrou habilidade, coisa rara de se observar num jogador de tamanha estatura. Creio que será bem observado.

Por Antônio Reis Viana

Comentários