Torcidas preparadas para a festa das finais do Intermunicipal

As finalistas do 61º Campeonato Intermunicipal têm dois experientes técnicos: Marcos Correia (Itapetinga) e Beto Oliveira (Itamaraju). Muitos dos seus jogadores já disputaram a competição em outras oportunidades e têm qualidade comprovada. Mas, além disso, as duas seleções contam com o apoio fora de campo de torcidas vibrantes, apaixonadas e que deram um show de boa convivência nos jogos dentro e fora de casa.

Do lado de Itapetinga, que mandará o primeiro jogo das finais no próximo domingo (9), no Estádio Primaverão, a torcida organizada Os Fanáticos não vê a hora de soltar o grito de “Tome tri”, referindo-se à possibilidade de ser tricampeã da competição que conquistou em 1995 e 1996.

A torcedora Joana Angélica feliz com o paredão Erick, de Itapetinga

A turma de Zack Cabeleireiro, que conta com Clício Lima, Adriano Carranca, Tourão, Joana Angélica, Ramon Peixoto, José Matos e outros itapetinguenses apaixonados aposta principalmente no sistema defensivo da seleção, que tem no goleiro Erik o nome mais festejado no momento. Afinal, ele defendeu quatro cobranças de Euclides da Cunha e foi decisivo para a classificação de Itapetinga para as finais.

“A gente sabe que são duas grandes equipes e a seleção de Itapetinga vem muito centrada e com os pés no chão, mas também muito confiante. Com certeza serão dois grandes jogos. Só que eu acho que a minha seleção vai ser a tricampeã”, afirmou Clício Lima.

Diretoria da TOMA está confiante na conquista do terceiro título

TOMA – Do lado de Itamaraju, a empolgação por chegar a mais uma final de Intermunicipal não é menor. A torcida organizada TOMA, que tem como presidente Rodrigo e os vice-presidentes Boquinha e o vereador Flavinho, transforma o Estádio Juarez Barbosa, o Barbosão, em um verdadeiro caldeirão, com os torcedores sendo comandados pelo mascote Pitbull.

O mascote Pitbull comanda a festa dos torcedores de Itamaraju

“A expectativa que nós temos é a melhor possível. Estamos trabalhando para levar quatro ônibus da torcida TOMA para Itapetinga, no próximo domingo (9). Não é fácil, porque custa caro. E vamos tentar fazer lá a mesma festa que fizemos com o pessoal de Santo Amaro nas semifinais, em um clima de paz, porque futebol se resume a dentro de campo, onde só entram os jogadores. Esperamos que o time volte a mostrar um melhor futebol nestas finais, pois ficou devendo um pouco. A TOMA agradece também ao trabalho da Federação Bahiana, que colocou ótimos árbitros nos nossos jogos. Nós só temos a agradecer à FBF”, disse Rodrigo.

Por FBF

Comentários