Torcidas do Intermunicipal dão exemplo

A festa das torcidas do interior continua sendo a tônica no 61º Campeonato Intermunicipal. Bem diferente do futebol profissional, que quase sempre registra cenas de violência fora de campo, principalmente nos clássicos, a maior competição futebolística amadora do país é um exemplo de civilidade, como a demonstrada no último domingo (11), em Santo Amaro, onde os torcedores locais receberam os vizinhos de Cachoeira de braços abertos e proporcionaram cenas de pura alegria.

Devido ao equilíbrio técnico das seleções nestas quartas de final, as goleadas são difíceis de acontecer, e cinco gols foram marcados nos jogos de ida. No total, em 292 partidas pelo Intermunicipal 2018, foram assinalados 681 gols, proporcionando uma boa média de 2,33 gols por jogo. O artilheiro da competição estadual continua sendo Pim, de Euclides da Cunha, com 15 gols.

“Estou vivendo essa experiência pela primeira vez com 42 anos de profissão. Simplesmente sensacional. O ambiente que se cria, o interesse do torcedor pelos jogos. A festa de ontem (11), em Santo Amaro, foi fantástica, antes, durante e após o jogo contra Cachoeira”, citou o comentarista e repórter da TV FBF, Antônio Tillemont, que trabalhou como repórter em Laje, onde Santo Antônio de Jesus e Itamaraju empataram por 0x0.

Munyr Martins, do portal Pratigi, destaca que a mesma festa de Santo Amaro irá se repetir em Cachoeira no próximo domingo (18), quando serão definidos os semifinalistas da competição estadual. “Intermunicipal é um campeonato raíz. Em Cachoeira iremos ver mais um show das torcidas. Coisa linda de se ver. Em poucos lugares os torcedores fazem uma festa como essa”, afirmou.

Em Ubaitaba, mesmo com o tempo chuvoso, o estádio estava cheio para ver a seleção local contra Euclides da Cunha, que com a vitória por 2 a 0 ficou bem próxima da classificação e manteve a liderança na classificação geral, agora com 35 pontos.

Confraternização em Itambé

Itambé e Itapetinga empataram por 1 a 1, no Estádio Osório Ferraz, e as duas torcidas conviveram pacificamente. Os Fanáticos cantaram o jogo inteiro e soltaram o “tome tri”, referindo-se à possibilidade da seleção itapetinguense conquistar o terceiro título do Intermunicipal.

Euclides da Cunha e Santo Amaro são as únicas seleções invictas no Intermunicipal 2018. Cachoeira perdeu a invencibilidade no último domingo (11) para a equipe santamarense. Os euclidenses têm o melhor ataque do campeonato com 32 gols. Os cachoeiranos, mesmo tendo levado um gol, estão com a defesa menos vazada, com apenas quatro gols sofridos.

CLASSIFICAÇÃO GERAL DO 61º INTERMUNICIPAL

1 – Euclides da Cunha 35PG/13J/11V/2E/0D/32GP/5GC/27SG
2 – Itamaraju 32PG/13J/10V/2E/1D/29GP/7GC/22SG
3 – Santo Amaro 31PG/13J/9V/4E/0D/23GP/10GC/13SG
4 – Itapetinga 30PG/13J/9V/3E/1D/29GP/5GC/24SG
5 – Cachoeira 28PG/13J/8V/4E/1D/22GP/4GC/18SG
6 – Itambé 26PG/13J/7V/5E/1D/24P/8GC/16SG
7 – Santo Antônio de Jesus 25PG/13J/7V/4E/2D/18GP/7GC/11SG
8 – Ubaitaba 23PG/13J/6V/5E/2D/11GP/7GC/4SG

Fotos: Divulgação / Site Esporte na Mídia

Comentários