Teixeirense Ulisses Alves é campeão da Taça Valadares de Futsal comandando o time de Santo Antônio do Jacinto

 

Santo Antônio do Jacinto campeão da Taça Valadares de Futsal — Foto: Caio Mourão/GE

Quem esperava uma decisão de título equilibrada, como ocorreu nos jogos das semifinais da Taça Valadares de Futsal, se frustrou. A equipe de Santo Antônio do Jacinto não deu brecha para o Timóteo e aplicou uma goleada incrível, de 8 a 1, e levantou a taça de campeão. Superiores desde o início do jogo, os campeões tiraram proveito de cada oportunidade concedida pelo adversário, sem baixar intensidade e o ritmo durante toda a partida.

No duelo decisivo, domínio total da equipe de Jacinto — Foto: Caio Mourão/GE

Com três gols na primeira etapa, Santo Antônio do Jacinto voltou do intervalo com uma vantagem confortável para a segunda metade da decisão. O time de Timóteo claramente sentiu o peso da desvantagem, e o placar foi se construindo.

No fim, o 8 a 1 refletiu o que se viu em quadra. Uma equipe soberana, buscando um gol atrás do outro; a outra se defendendo e tentando se manter viva até o final. A superioridade era tamanha, que a torcida de Santo Antônio de Jacinto se fez ouvir no Ginásio Arnóbio Pitanga com gritos de “olé” e “é campeão” muito antes do fim da partida.

Após o vice, Timóteo espera manter a equipe para outras competições — Foto: Caio Mourão/GE

Análise dos treinadores

Derrotado na final, o técnico de Timóteo, Wescley Lisboa reconheceu a superioridade do adversário.

– Não tem muita explicação. Difícil de falar, porque a ansiedade tomou conta dos atletas, tomamos três gols muito rápido. Nosso time saiu no desespero e fomos infelizes. Tentei falar com eles para acertar a marcação. Mas o time deles foi bem superior ao nosso. Por isso o placar foi bem elástico.

Ulisses Alves, exibe os troféus de campeão e de melhor técnico

Agora a tentativa é de se reorganizar e pensar em um calendário para o futuro do time.

– Não temos outras competições ainda. É a primeira vez que a gente disputa uma copa desse tamanho. Vamos sentar, juntar os pedacinhos e fazer uma equipe ainda mais competitiva, porque esses atletas são vencedores.

Do lado vencedor, o treinador Ulisses Alves detalhou a estratégia para a partida.

– Era nossa estratégia subir a marcação, manter uma intensidade alta. A gente tem um elenco grande. Então a gente trabalhou bem os quartetos para manter a intensidade alta durante o jogo. E a medida que os gols foram saindo, o time deles se abriu muito durante o jogo. Nossa equipe aproveitou oportunidades.

A atuação dos goleiros de ambas as equipes foram pontos destacados pelo comandante do time campeão.

– O goleiro linha deles não funcionou, nossa marcação funcionou muito bem. Aí conseguimos um placar elástico. O nosso goleiro, o Wesley, é um goleiro que passa bem, finaliza muito. A gente posiciona a marcação para que na roubada da bola, a gente possa criar oportunidade de gol. A gente treina muito, ele sempre vem fazendo gol, não é o primeiro jogo.

Por Caio Mourão, GE Grande Minas e Vales

Comentários