Seleção de Itamaraju retorna ao trabalho visando os confrontos diante Teixeira de Freitas

Mesmo sem vencer no Intermunicipal após dois jogos, a seleção itamarajuense retornou os trabalhos com jogadores e comissão técnica demonstrando bom astral. Bom astral por que se ainda não venceu na competição? Sinceramente não há motivo para tal.

Desde que divulgado sabíamos da dificuldade que seria o grupo 16, cujo é formado por Eunápolis, Itabela, Itamaraju e Teixeira de Freitas (na ordem de classificação do momento), inclusive considerado pela imprensa que cobre o Intermunicipal como sendo “da morte”, dado investimento das três primeiras colocadas até então. Portanto não há motivo algum para discursos inflamados principalmente vindo da imprensa. O torcedor sim, este é passional e se a vitória não acontece ele reclama e às vezes até se revolta com o time.

Diferente de suas concorrentes diretas vamos assim dizer, Eunápolis e Itabela respectivamente, as quais tiveram uma sequência melhor em se falando da ordem dos confrontos até aqui, haja vista que já jogaram contra Teixeira de Freitas; Itamaraju só o fará doravante, pois jogará consecutivamente nos próximos domingos. O primeiro acontece dia, 20 às 15h, no Barbozão enquanto que o segundo será no dia 27/08, no Tomatão (Teixeira de Freitas). Enquanto Itamaraju jogará duas vezes seguidas diante Teixeira de Freitas, não será diferente para Eunápolis e Itabela que jogarão entre si.

Hipoteticamente falando, se Itamaraju cumprir com a obrigação que é vencer Teixeira de Freitas (equipe que menos investiu para o certame) nos dois jogos a serem realizados por uma boa margem de gols, consequentemente fazendo um bom saldo, poderá até assumir o segundo lugar do seu grupo.

Visando o próximo compromisso, o time itamarajuense que retomou os treinos ontem, trabalhou forte com bola na parte da tarde aprimorando aquele fundamento que talvez tenha tirado o sono do treinador Moises Alves, que é a finalização. Em quase uma hora e meia, ele (Moises) orientou seus comandados nos trabalhos de cruzamentos, dribles e arremates de dentro e fora da área.

Logo mais haverá o primeiro coletivo da semana e talvez com uma baixa, já que o zagueiro Gil deixou o gramado no treino de ontem após uma pancada que recebeu no tornozelo.

A expectativa desta semana se volta também para o atleta Leo Natal que definitivamente se recuperou do problema muscular que sofrera na primeira atividade quando da apresentação dos jogadores. Trata-se de um volante canhoto que tem demonstrado precisão no passe, tanto no curto quanto longos (lançamentos) quando nas viradas de jogo.

Quanto a classificação o torcedor deve continuar apoiando o time, pois só com tranquilidade a mesma virá sem problema.

Por Antônio Reis Viana.

Comentários