Seleção de Itamaraju pronta para o jogo de volta contra Teixeira de Freitas

Itamaraju – Visando o confronto de domingo, 27/08, às 15h no estádio Tomatão contra o time teixeirense, a seleção Itamaraju realizou na sexta-feira, coletivo apronto para aquele que será o seu quarto compromisso no Intermunicipal.

Ainda sem o capitão Gil Borges, aniversariante da semana, este que se recupera de uma contusão, o time comandado pelo técnico Moisés Alves realizou um bom trabalho mesmo com uma semana chuvosa.

A vitória diante Teixeira de Freitas no último domingo, serviu para se distanciar do adversário bem como se aproximar um pouco mais de Eunápolis e Itabela que na partida entre ambas não saíram do zero a zero. Trouxe ainda certa leveza ao elenco, tirando assim aquele peso que parecia atrapalhar principalmente os atacantes no momento de concluir as jogadas.

No coletivo desta tarde ocorreram duas modificações em comparação ao time que começou a partida contra Teixeira de Freitas no Barbozão. Modificação essa apenas no posicionamento de alguns atletas para melhor entendimento observe as duas escalações, a primeira (do jogo passado): Erick; Beto Cavalo, Caio Rocha, Bispo e Tico; Leo Natal, Miller e Caio Jambeiro; Alexandre, Dondon e Elvis.

A segunda escalação, esta do coletivo foi, Erick; Beto Cavalo, Caio Rocha, Leo Natal e Tico; Bispo, Miller, caio jambeiro e Dondon; Alexandre e Elvis.

Na primeira escalação, Bispo inicia como zagueiro e Leo Natal como volante depois invertem. Enquanto no coletivo Leo Natal atua como zagueiro e o Bispo como volante durante toda a atividade.

Nota-se também nas escalações que há uma inversão no posicionamento do Dondon e o Alexandre. Dondon fazendo um quarto homem de meio-campo, enquanto que o Alexandre faz dupla de ataque com Elvis. No decorrer do treino o Alexandre dá lugar ao Bóba enquanto que o Dondon passa a ser companheiro do Elvis.

Assim como no coletivo de quarta-feira, com a entrada do Bóba, meio-campo tornou-se muito mais organizado e consequentemente agradou mais a quem assistia.

Quanto ao time que entrará jogando é melhor aguardar a definição do treinador Moises Alves.

Itamaraju precisa vencer convencendo para desta forma afastar de vez as dúvidas as quais rondam o grupo (elenco).

Quanto a Teixeira de Freitas que a cada jogo tem que matar um leão, não tenham dúvidas de que mais vez jogará para frente procurando jogar de igual para igual e consequentemente buscando o gol a todo momento como o fez no Barbozão, diferentemente do comportamento respectivo de Eunápolis e Itabela nos jogos contra Itamaraju.

Por Antônio Reis Viana/Blog Os Feras da Bola

Comentários